Receita de chocotone vegano

chocotone
Fotos do meu Instagram: @nyleferrari

Quem me acompanha nas redes sociais já deve ter visto as fotos desse chocotone delicioso que fiz outro dia. E, como prometido, hoje venho trazer a receita para que vocês tentem em casa. Não é difícil e nem cara, apenas trabalhosa: exige bastante tempo e paciência!

O resultado final, obviamente, não é idêntico a um chocotone não-vegano e industrializado. Mas o gosto não fica nem um pouco atrás e a textura é macia, porém firme. Confira abaixo:

Receita de chocotone vegano

Ingredientes

  • 500g de farinha de trigo (dá mais ou menos 4 xícaras generosas. Mas recomendo que você meça com uma balança)
  • 1 xícara (chá) de açúcar (usei do tipo demerara orgânico da marca Native, mas você pode usar outros tipos de açúcar também. Eu, particularmente, achei que com demerara ficou perfeito)
  • 1/4 xícara (chá) de óleo vegetal (usei o óleo de soja da marca Leve, que não é transgênico)
  • 1 pitada de sal
  • raspas e suco de 1 1/2 laranjas (médias) do tipo pera (você pode usar a lima também para um toque de laranja mais suave. Mas mesmo com a do tipo pera a laranja só aparece ao fundo, bem suave, é só para substituir essências artificiais e realçar o sabor. Fica sensacional!)
  • 1/2 colher (sopa) de sal e 1/2 colher (sopa) de açúcar demerara (ingredientes adicionais que você usará para preparar o fermento)
  • 50g de fermento biológico fresco (é possível encontrar na maioria das padarias e custa uma mixaria)
  • 100g de chocolate meio amargo picado (usei da marca Dia. Veja aqui quais marcas oferecem chocolate meio amargo vegano)
  • 2 formas de panetone de 500g

Modo de preparo 

  • Em um recipiente, misture todo o fermento com 1/2 colher de sal e 1/2 colher de açúcar. Misture até que o fermento todo se dissolva e vire líquido. Reserve. Em outro recipiente grande, pegue 50g de farinha, misture bem a esse fermento (que deve estar um líquido homogêneo), acrescente água morna (cerca de 3 colheres de sopa) aos poucos e misture novamente até que a massa fique esponjosa, homogênea, grudenta. Não deve estar muito líquida e nem muito densa. Se puxá-la ela não pode rasgar, despedaçar. Tampe esse recipiente com um pano de prato limpo e deixe descansar por 20 minutos ou até que dobre/triplique de tamanho (a minha massa levou cerca de 30 minutos para chegar a esse ponto).
  • Em um recipiente grande, coloque o resto da farinha, o açúcar e a pitadinha de sal. Posteriormente, acrescente o óleo, a raspa e o suco da laranja. Por fim, acrescente a massa com fermento (já suficientemente crescida) e misture tudo, homogeneamente (ficará meio chatinho de misturar tudo, mas não tem problema). Acrescente água morna aos pouquinhos até a massa ficar moldável, macia, bem homogênea, esponjosa (fica bem grudenta também). Misture bem todos os ingredientes (isso é importante) e por último coloque os pedaços de chocolate. Ligue o forno em 180°C por 5 minutos, desligue e espere até que fique morno (não deve estar QUENTE, apenas “morninho”, tipo 30 – 35°C). Tampe o recipiente com um pano limpo e coloque essa massa para descansar no forno (desligado, claro) por 20 minutos. O intuito não assá-la, mas sim apenas facilitar a ação do fermento.
  • Divida mais ou menos igualmente essa massa (já crescida) com uma espátula e passe cada um dos pedaços para as forminhas de panetone. O ideal é que as massas estejam passando um pouquinho da metade de cada forma. Ligue o forno em 180°C por 5 minutos, desligue e espere até que fique morno (o mesmo processo já descrito anteriormente). Deixe a massa descansar lá por cerca de 1-2 horas, até que ela atinja a borda da forminha, ou pelo menos 1 dedo antes de alcançá-la.
  • Por fim, depois que a massa tiver crescido, asse os chocotones em temperatura de cerca de 200°C (o forno deverá ter sido pré-aquecido por uns 10 minutos) por cerca de 40 minutos. Desligue o forno e deixe o chocotone esfriar naturalmente para partir!

Dicas importantes

  • Nada te impede de usar, no lugar do chocolate, nozes, frutas cristalizadas. Ou mesmo, de você não for vegan, chocolate ao leite.
  • Para garantir maior sucesso da receita, use balanças, copos e colheres medidoras. Copos ou colheres medidoras são baratos, fáceis de encontrar e facilitam muito sua vida na cozinha.
  • Se sua farinha não é de uma marca muito confiável, peneire antes de usá-la para evitar que “pedrinhas” de farinha atrapalhem a receita.
  • Se você quiser um produto mais saudável, você pode usar um pouco de farinha de trigo integral (por exemplo, substituir uns 200g da farinha de trigo normal ou integral). Só não substitua totalmente a farinha branca pela integral porque provavelmente a receita vai dar errado. Ao usar farinha integral esteja ciente que a quantidade de água a ser usada para chegar ao ponto ideal pode mudar. O importante é ir sempre aos poucos e observar se chegou ao ponto que você deseja.
  • O tempo que ficará assando vai depender muito do seu forno. Como o daqui de casa é bem potente, 40 minutos foram suficientes. Se o forno não for tão potente, pode ser que leve mais tempo. Não é uma regra, mas quando o panetone está chegando perto de assar totalmente, você começa a sentir o cheirinho de longe. O panetone estar “bronzeado” por fora é um indicador que possivelmente ele chegou no ponto.
  • Dica da vovó: até que se passe pelo menos 20 minutos, não abra o forno!
  • Se você é iniciante na cozinha, chame sua mãe, avó ou qualquer outra pessoa mais experiente para te ajudar.

Caso vocês tentem em casa, me digam se deu certo, tirem fotos e me mandarem o link! O resultado final é delicioso ❤

7 comentários sobre “Receita de chocotone vegano

  1. Nyle,
    oq vc acha da SubWay?
    Em relação a conservação dos alimentos etc.
    Estou migrando pro veganismo aos poucos.
    Almoçava em casa, mas a firma mudou de endereço, e aqui perto tem uma sub num posto.
    Tenho comido salada, mas acho que não é uma boa todos dias.
    Levo uma fruta etc.
    Perto só tem churrascaria… Não tem copa/cozinha na empresa, f*deu minha vida =/
    Fico meio assim em relação aos pães etc!

    Bjos

    1. Ah, acho que numa emergência dá pra comer um sanduíche lá. Mas as saladas não são nada saudáveis. Algumas tem mais sódio e gordura do que se você fosse comer um lanche até com carne. É fast food, né, você deve ir de vez em nunca. Eu não recomendaria pra você ir todos os dias, por exemplo. Tente levar outros produtos mais naturais que dê pra ficar fora da geladeira (Mãe Terra, Native e Jasmine tem opções legais), frutas, só pra “tapar buraco” e qnd você puder você come em casa :/ beijos

  2. Que receita deliciosa! Amo demais chocotones. Bom, na verdade gosto da massa e não tanto do chocolate, hehe.

    Mas fiquei na dúvida, eu já fiz chocotone caseiro e na receita sempre ia a essência de panetone, pra dar aquele gostinho característico. Aqui na sua receita não vi essa essência. Fica com gosto de chocotone, daqueles de supermercado mesmo?

    1. Vanessa, como eu disse no post, não fica idêntico ao do supermercado, é um panetone caseiro. Mas o intuito era fazer um produto o mais natural possível, sem essências. No entanto, as raspar e o suco de laranja dão o toque parecido ao industrializado. beijos

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s