Novo Corretivo Mineral Stick da Bioart

Publicado em
20150426_162229

Composição: Aqua, Propanediol, Shea Butter, Argilla/Montmorillonite/Kaolin/Mica, Titanium Dioxide, Ethylhexyl Olivate, Sorbitan Olivate, Nucidera Oil/Glycine Soja Oil/ Citrus Aurantium Bergamia Fruit Extract/ Aniba Rosarora, Sorbitan Palmitate, Glyceryl Caprylate, Tapioca Starch, Mica CI 77019/ C I77891/CI 77861, Tocopherol.

Confesso que estou imensamente feliz com os últimos lançamentos de maquiagem orgânica e natural aqui no Brasil. Já está indo o tempo em que sofríamos pra comprar esse tipo de produto por aqui. As marcas estão inovando, se tornando cada vez melhores e grande parte disso se deve a nós, que consumimos orgânicos e as incentivamos a crescerem ainda mais!

Na feira Hair Brazil, que ocorreu mês passado, além de novas cores de sombras a Bioart lançou o Corretivo Mineral Stick. Segundo a marca, “o Corretivo da Bioart é mais que um corretivo comum, é um produto especial que utiliza ingredientes naturais e orgânicos com tecnologia aliada a inovação para trazer benefícios à área dos olhos e pontos específicos da face. É capaz de nutrir,  hidratar e equilibrar a área onde é aplicado, unindo beleza e tratamento em um só produto.

1596581_929303053804308_1448681396_o

Na foto: a super querida Soraia Zonta, criadora da Bioart, usando o corretivo n°1. Reprodução: Blog Bioart

Além disso, o corretivo ainda tem outros benefícios:

  • As cores de adaptam ao tom da pele
  • Oferece proteção solar física natural graças aos minerais
  • Ingredientes como extrato de tapioca ajudam a combater os sinais da idade e suavizar linhas finas e rugas
  • Alta concentração de argilas, oferecendo propriedades terapêuticas

A embalagem é em stick. Por um lado isso dificulta a higienização do pincelzinho, mas por outro é possível usar todo o conteúdo do produto até o final, evitando desperdício. De acordo com a preocupação da Bioart de sempre pensar nos alérgicos, o produto não tem cheiro, o que é ótimo.

20150426_162812

A minha cor, a número 1, é um bege rosado que mescla perfeitamente com a pele ao redor dos meus olhos (eu sou bem branquinha – costumo a usar as cores n°1 de qualquer make que aparece). Ilumina o olhar sem tender relevantemente pra nenhum tom. Pelo que pude ver no dia do lançamento, existem opção até pra peles negras. A variedade de cores do Corretivo Mineral Stick foi obtida graças a uma mix de 9 argilas diferentes.

A cobertura é leve a média – o produto disfarça o arroxeado/avermelhado e dá um up bem bacana no olhar, mas não cobre tudo se usado individualmente. A textura é levemente cremosa e um pouco sequinha devido aos minerais (mas isso não quer dizer que ele “resseque” os olhos, pelo contrário!), por isso: TEJEM com as pálpebras hidratadas antes de aplicá-lo. Já o acabamento é natural e o produto não agrava a oleosidade das pálpebras.

20150426_162240

Considerando o tempo de SP (que ultimamente anda bem ameno) e a pele dos meus olhos, que não é relevantemente oleosa, a durabilidade dele tem sido bem bacana. Dura o dia todo sem escorrer ou acumular nas minhas linhas. Também já pude usá-lo em momentos de mais calor (embora nada ultra úmido e acima de 28°C) e não decepcionou.

Desde que recebi pra testar, ele e o BB Cream da Cativa têm sido meus companheiros, tanto pro dia a dia quanto pra sair. São maquiagens muito confortáveis, com aspecto natural e que tratam a pele mesmo. Posso ficar o dia todo com eles ou mesmo dormir de make (CÊS NÃO ME LERAM FALANDO ISSO!) que não me sinto ~acabada~.

Confira os revendedores da Bioart pra saber onde comprar mais perto de você.

Ajude a escolher um novo nome para o blog Lookaholic!

Publicado em

11178671_955341687823436_585454535_nQuando foi criado, o blog tinha outra estilo e abordava outros assuntos. No entanto, com o tempo mergulhei de cabeça no mundo natural e seu nome de “nascença” deixou de fazer sentido. Agora, quero bastante mudar e preciso da sua ajuda.

Clique no link abaixo pra participar da votação. É apenas uma perguntinha. Não demora nada! <3

http://goo.gl/forms/qCW05RyjtL

Técnica da aquafaba: clara em neve vegana

Publicado em
11159980_838179939569600_1990154473389475286_n

Foto postada no Facebook do blog Papacapim

Achou que vegano não poderia nunca mais comer merengue, suspiro e outras delícias que usam a clara de ovo em neve? Errado! Na semana passada uma postagem no Facebook do blog Papacapim levou os veganos à loucura. A Sandra, que escreve no Papacapim, ensinou como usar água de cozimento de grão de bico pra fazer clara em neve vegana. Sim, água de grão de bico!

Instruções pra conquistar o mundo dos suspiros e mashmallows e impressionar as gatinhas (ou gatinhos):

1- Cozinhe grão de bico e reserve 3/4 de xícara da água do cozimento (ou a mesma quantidade do líquido que vem com o grão de bico enlatado).

2- Pra deixar a mistura mais concentrada, transfira pra uma panela pequena e ferva até o líquido reduzir pela metade. Essa etapa é opcional, mas deixa o merengue mais consistente.

3- Bata o líquido (concentrado ou não) na batedeira ou com batedor elétrico. NÃO DÁ PRA BATER NA MÃO com um fouet/batedor de arame, pois você vai precisar incorporar muito ar à mistura pra mágica dar certo.

4-Quando a mistura tiver dobrado de volume e estiver espumante e aerada acrescente 1/2 xícara de açúcar comum (não precisa ser de confeiteiro) e continue batendo até atingir a consistência de mashmallow mole (veja a foto abaixo).

5- Como fica um leve sabor de grão de bico, perfume a mistura com algumas gotinhas de extrato de baunilha. Ou raspas de limão/laranja, essência de amêndoas ou o que mais encontrar na sua cozinha (e combinar com a receita que você estiver preparando).

A partir daí sua imaginação será seu guia. As possibilidades são muitas:

1- Assar a mistura em montinhos (forno baixíssimo), formando suspiros.
2- Usar como base pra fazer uma pavlova.
3- Usar o mashmallow mole pra rechear bolos, cupcakes etc.
4-Colocar em cima de uma torta de limão e assar, criando aquela cobertura-suspiro.
5- Usar a mistura como base pra fazer biscoitos que são normalmente feitos com clara de ovo em neve, como os macarons franceses, os amaretti italianos… Macaron!!!!!!! Amareto!!!!!! Nosso mundo nunca mais será o mesmo.

O post foi compartilhado por mais de 4 mil pessoas e muitos se manifestaram em grupos no Facebook dedicados à cozinha vegana dizendo e mostrando que: SIM, DÁ CERTO!

O uso de água de grãos pra fazer clara em neve vegana não é uma coisa nova e tem até nome: chama-se “aquafaba”. De acordo com uma matéria bem completa do Vista-se sobre o assunto, a técnica teria sido descoberta pelo europeu Joël Roessel, em 2014, graças aos seus experimentou com a culinária molecular.

Você pode tanto usar a o líquido que sobra na panela quando você cozinha grão de bico quanto o líquido que acompanha grão de bico enlatado. Aparentemente, qualquer água de leguminosas pode ser usada, mas a de grão de bico é que tem um desempenho melhor. Abaixo tem uma receita bem legal de como fazer suspiro vegano.

De arrancar suspiros.

Sombras Minerais da Bioart

Publicado em

Pra quem mal conhecia a marca, agora eu tô testando é tudo! As minhas últimas aquisições foram as sombras minerais. Testei a Sombra Mineral Iluminadora (um tom dourado meio pêssego), a Sombra Mineral Natural Cobre (um cobre bem alaranjado e brilhoso) e Sombra Marrom Phyto Mineral (marrom médio, acinzentado).

Todas as sombras da Bioart são de base mineral e feitas com ingredientes que previnem os sinais da idade e prometem fortalecer a pálpebra. Também são indicadas pra pessoas de pele sensível, o que é bem bacana. Presente nas sombras marrons (tanto a versão opaca quanto a cintilante), a marca trabalha com um ativo derivado da casca da castanha. De acordo com testes clínicos, esse ingrediente mostrou resultados ótimos em relação à tonicidade da pele e combate ao envelhecimento.

20150408_110356

A textura das sombras são finas e confortáveis. A marrom opaca é um pouco mais difícil de aplicar que as cintilantes, por isso é importante preparar bem a pele antes pra evitar que acumule ou manche, não dando um acabamento tão bonito à maquiagem. Não tem muito segredo: aplique um corretivo na pálpebra (pra uniformizar a cor), “assente” com uma camada fina de pó ou sombra clara opaca e prossiga com o make normalmente.

As sombras cintilantes tem um brilho incrível e bem chamativo. A Marrom opaca é, bom, opaca – simples, versátil e parecidíssima com Satin Matte Eyeshadow na cor “Raven”, da Alima Pure. Perfeita pra marcar as sobrancelhas, por exemplo. Já a sombra Iluminadora é ótima como iluminador facial pra peles brancas. Pra quem é morena a Bioart oferece uma sombra marrom brilhante bem bonita também. A cobre é a menos versátil de todas, mas realça absurdamente olhos verdes. É um escândalo pra usar à noite, mas também é possível usá-la durante o dia pra marcar o côncavo. Eu uso e tô 100% nem aí!

10959040_796444207107649_1604197908_o

Usando a Sombra Mineral Iluminadora no topo das maçãs do rosto pra dar um PÁ! Fazendo cara de quem leu composição de produto e achou parabeno

Eu não tenho problemas com durabilidade de sombras porque sempre preparo muito bem meus olhos antes de aplicar a maquiagem e não tenho pálpebra mega oleosa. Passo o dia todo com o produto e no final ele só está um pouquinho menos vibrante – mas ainda está lá, bonitão. As sombras também têm ótima pigmentação – a que tem menos é a marrom opaca, mas ainda sim é uma pigmentação satisfatória.

20150408_110758

Cobre, Marrom Opaca e Iluminadora. Obs: a Marrom saiu bastante fraquinha, mas ela é mais pigmentada que isso!

20150128_134618

Um swatch mais fiel da sombra marrom opaca

Pra quem acha que sombra solta faz muita lambança: depende! Na minha humilde opinião, o negócio é costume. Quando você pega o jeito faz pouquíssima sujeira e fica tudo tranquilo.

A sombra marrom opaca e a iluminadora já estão disponíveis no mercado, e a Cobre está chegando nas lojas muito em breve, pois é lançamento. Aqui você pode conferir os revendedores da Bioart!

Como usar shampoo sólido?

Publicado em

soap

Você não leu errado. Sim, shampoo sólido existe. E os benefícios são inúmeros: são bem mais baratos que shampoos convencionais, rendem bastante, ocupam menos lugar/peso em malas, podem ser usados como sabonete corporal em alguns casos, entre outros. Mas muitas leitoras perguntam: como se usa esse troço?

Não é nenhum bicho de sete cabeças. Olha só:

  1. Molhe bastante o cabelo e umedeça o sabonete também.
  2. Passe delicadamente a barra na cabeça, como se tivesse desenhando “linhas retas” no sentido dos fios ou vá esfregando delicadamente a barra na cabeça (não pra já ensaboar, apenas pra passar um pouco do produto nos cabelos). Evite o comprimento dos fios, fique próximo ao couro.
  3. Ensaboe delicadamente todo o couro cabeludo, massageando bem principalmente próximo à nuca / centro da cabeça. Faça bastante espuma. Repita a aplicação se achar que não está limpo ou não fez espuma o suficiente.
  4. Desça toda essa espuma do couro pra massagear o comprimento do fio ou se a espuma não for abundante passe bem pouco do sabonete no comprimento dos fios e massageie com muita delicadeza.
  5. Enxague até não restar nenhum resíduo e aplique seu condicionador.

Claro que não existe um único jeito de se fazer isso, mas esse método costuma dar mais certo. Na dúvida, faça testes pra ver qual se adapta melhor à você!

E também vale salientar que em se tratando de cosméticos naturais, você pode perfeitamente usar um sabonete natural / artesanal como shampoo sólido (desde que a fórmula seja natural mesmo, sem porcarias sintéticas).

Ah, não se esqueça de deixar a barra em um saboneteira drenada, pois se não ela pode derreter ou durar menos.

Pra quem ainda não conhece shampoo sólido ou marcas legais desse tipo de produto / sabonetes artesanais, algumas opções:

BB Cream FPS 20 da Cativa Natureza

Publicado em
20150408_111024

Composição: Linum Usitatissimum Seed Oil*, Mauritia Flexuosa Fruit Oil, Physalis Angulata Extract, Coffea Arabica Seed Oil*, Propanediol, Aloe Barbadensis Extract, Argilla/Montmorillonite/Kaolin/Mica/Titanium Dioxide, Sodium Pca, Zinc Oxide (and) Caprylic/Capric Triglyceride (and) Glyceryl Isostearate (and) Polyhydroxystearic Acid, Potassium Cetyl Phosphate, Cetearyl Glucoside (and) Cetearyl Alcohol, Coco-Caprylate, Benzyl Alcohol And Dehydroacetic Acid And Benzoic Acid, Xanthan Gum, Sodium Citrate, Tocopheryl Acetate, Aqua, Mica, CI 77891 (Titanium Dioxide), CI 77491 (Iron Oxides)

Tá aí uma das resenhas mais esperadas do blog nos últimos tempos. Pudera: é o primeiro BB Cream natural com insumos orgânicos 100% nosso! Foram meses de espera e teses, mas enfim saiu. É TETRAAAAAA!

Ok, vamos lá: o BB Cream da Cativa é formulado com óleo de café verde orgânico (reconhecido por suas propriedades antioxidantes), buriti e physalis. Promete hidratar, suavizar imperfeições e deixar a pele mais uniforme. Algumas informações complementares:

  • Alto teor ômega 3 e 6, que proporcionam hidratação e maciez
  • Ação antioxidante devido à elevada de concentração flavonoides
  • Rico em vitaminas A, C e E
  • Contém carotenóides, que protegem e revitalizam a pele
  • Ativos minerais dão firmeza e uniformidade à pele, sem obstruir os poros
  • Protege dos raios UV por bloqueio físico (FPS 20)
  • Pode ser usado como base e sua coloração é ajustável
  • Vegan

A embalagem é bem prática: basta girar sutilmente a tampa que o dosador se abre e você pode usar a quantidade que quiser, o que é ótimo pra evitar desperdícios. O BB Cream não tem cheiro (yay!) e sua textura é levemente cremosa, um pouco mais sequinha por conta dos minerais que são usados pra conferir proteção contra o sol, mas espalha fácil.

O acabamento é opaco, mas na medida. Ou seja: a pele ainda fica com aspecto natural e não rola aquele carão de filtro de barro. A coloração realmente se ajustou à minha cor e a cobertura é leve a média. Uniformiza o tom da pele e descolorações do rosto (como as envolta dos lábios, nariz), cobre manchas leves, atenua manchas e machucadinhos mais notáveis, mas não some com olheiras ou espinhas mais monstras, por exemplo. Pra mim não é um problema porque eu complemento com um corretivo (atualmente estou usando o novo corretivo mineral da Bioart) e tá tudo certo.

20150403_162740

Pele preparada com BB Cream da Cativa e corretivo stick mineral da Bioart

Como a textura é um pouco mais seca por conta dos minerais que oferecem filtro solar, a melhor maneira de aplicá-lo é utilizando um pincel flap top, que são pinceis densos e de corte reto que fixam melhor a maquiagem ao rosto, deixando o visual bem mais leve (sem perder cobertura). O que eu uso é o da marca Everyday Minerals, mas no Brasil vende o da Eco Tools (o pincel de polimento) e não é caro, principalmente se você considerar que pincel dura anos e anos.

O BB Cream seca rápido, então é bacana ir aplicando em cada parte do rosto com calma pra evitar manchas. Ele não transfere com facilidade (ou seja, não fica saindo fácil quando você passa a mão no rosto ou coisa do tipo) e não notei que agravou oleosidade ou acne. No meu rosto eu consigo notar a cobertura dele por muito tempo, então digamos que ele tem boa durabilidade. Mas vale notar que minha oleosidade e espinhas andam bastante controladas.

20150408_111053

Como a minha pele é jovem e com poucas linhas eu não sou uma referência pra dizer se ele acumula ou não nas ruguinhas, mas como a textura dele é menos aquosa é importante ressaltar que quem tem pele seca ou madura deve dar uma hidratada caprichada antes de usá-lo, ou ainda misturá-lo a um óleo leve antes da aplicação.

Ainda não fui pra praia ou peguei sol intenso pra dizer se ele aguenta o tranco na exposição solar, mas pro dia a dia a proteção é excelente.

Um dos aspectos mais bacanas do produto é que, mesmo depois de usá-lo o dia todo, não sinto a minha pele maltratada ou ressecada. É uma maquiagem gentil e de tratamento de fato. Aliás, cosmético orgânico é outra coisa, né? Lembro que quando usava produto convencional o dia inteiro no final do dia o rosto ficava um caco.

De um modo geral, o BB Cream da Cativa é bastante versátil: pode ser usado no dia a dia ou pra dar uma saída, oferece proteção solar e pode ser usado tranquilamente por todos os tons e tipos de pele. Desde que comecei a usar tem sido meu companheirão. Não sou de ficar jogando flores em cima de marca ou produto porque acredito que posso ser mal interpretada (ainda mais que recebo 90% do que eu testo), mas estou adorando muito!

O produto pode ser encontrado na loja online da Cativa, na Matriz Natural (ainda não chegou, mas creio que vai) e em várias outras lojas da marca espalhadas pelo Brasil. Esse eu recebi pra teste.

Convite: 4° Encontro Vegano JMA na Vila Mariana

Publicado em

10394560_1576185795962426_6001408771913863050_n

Amig@s de São Paulo e região! Domingo agora (12/04) acontecerá o 4° Encontro Vegano J’Adore Mes Amis. É um evento beneficente organizado pra divulgar a causa vegana através da comercialização e exibição de produtos e serviços totalmente livres de exploração animal. Lá você pode comprar e conhecer ONGs, marcas de roupas, calçados, cosméticos, artesanato e até de comida: coxinha, pizza, hambúrgueres, doces e etc. Também teremos animaizinhos pra adoção!

Vou estar participando no stand da loja Flor & Ser representando a Alva. Quem acompanha o blog sabe que a marca está entre as melhores de produtos orgânicos e naturais que temos aqui no Brasil. Acho que é uma oportunidade bacana pra sentir o cheiro dos produtos, a textura, dar uma olhada de perto nas maquiagens (e me conhecer! <3). Teremos produtos pra vender lá!

Vamos?

Quando: 12/04/15.

Onde: Rua Joaquim Távora, 605, Vila Mariana, São Paulo – SP.

Horário: 12h às 20h (chegue cedo porque lota!)

Quanto: a entrada é de graça.

  • Confira aqui a cobertura do Encontro Vegano do ano passado.

10653509_1576185729295766_4586510315702889166_n