Sobre óleos vegetais para peles oleosas e comedogenicidade (parte 1)

Pele oleosa jamais deve usar qualquer tipo de óleo na pele, certo? Errado. Por incrível que pareça, existem óleos vegetais que não são oleosos (embora isso soe meio estranho) e não obstruem os poros, portanto têm menos chances de formarem os famosos comedões, precursores dos cravos e espinhas. No entanto, não é qualquer óleo, antes é preciso conhecer sua comedogenicidade!

A escala de comedogenicidade mede a capacidade que um ingrediente tem de obstruir os poros e vai de 0 a 5, portanto quanto mais baixo for o valor de comedogenicidade de um óleo (bem como de qualquer outra substância), mais facilmente absorvido pela pele e menos comedogênico ele é, ou seja, menor a possibilidade de causar acne e cravos.

Essa escala varia muito de site para site, mas de maneira geral temos que os óleos menos comedogênicos (portanto os que costumam a dar mais certo para a pele mista a oleosa) são o de girassol (sunfflower oil) e o de cártamo (safflawer oil), que possuem comedogenicidade 0 na escala. Em seguida, temos os óleos de comedogenicidade 1 (bem baixa): calêndula (calendula oil), óleo de semente de uva (grapeseed oil)óleo de ricínio (castor oil), óleo de romã (Pomegranate oil) e óleo de argan (argan oil).

Por último, temos os óleos de comedogenicidade 2 (baixa): óleo de amêndoa (almond oil) e óleo de jojoba (jojoba oil). O óleo de prímula (Evening Primrose Oil) e óleo de oliva (olive oil) também possuem comedogenicidade baixa (embora varie muito de tabela para tabela), mas são mais polêmicos: alguns blogs recomendam para peles oleosas, outras não, acho que depende muito do produto, vale ficar mais atenta. Óleos com comedogenicidade acima de 2 já não são indicados, pois têm mais chances de causar acne.

Vale lembrar que um óleo ter baixa comedogenicidade não garante que ele não vá te causar acne ou cravos. Tudo depende da quantidade usada (para o rosto, é indicado 1 a 3 gotas apenas, ou menos, e na mesma frequência de um hidratante normal: 1 a 2 vezes ao dia após a limpeza, depende da sua pele), do tipo de pele, da textura e do refino do óleo, com quais outros ingredientes ele está misturado (caso não seja puro), tudo isso deve ser levado em conta. Às vezes um produto pode ter um óleo de baixa comedogenicidade na composição, mas junto a ele pode haver parafina, derivados de petróleo e outro ingredientes que obstruem os poros.

Caso você tenha pele oleosa e acneica, é sempre necessário ver como ela responde. Se você aplicou o óleo (mesmo sendo bem leve e não comedogênico) e ela ficou extremamente oleosa e com espinhas, descontinue o uso, ou use apenas quando você realmente sentir que ela está repuxando e precisa de algo para nutri-la.

Outro ponto importantíssimo é que o óleo que usamos na alimentação não é o mesmo que usaremos na nossa pele. O óleo deve ser específico, destinado ao uso cosmético (há alguns óleos que são para uso tópico, mas podem ser ingeridos, aí é outro caso e sempre vem avisado na embalagem). O óleo vegetal usado para cosméticos geralmente tem uma consistência mais leve para que seja melhor absorvido pela pele.

Por último, procure sempre por produtos não-comedogênicos. Quando um produto se diz não comedogênico quer dizer que ele tem menos chances de causar comedões, o precursor da acne e do cravo. “Então quer dizer que todo produto não comedogênico não irá me dar espinhas e cravos?”. Na verdade, nem sempre, e é sobre isso que irei falar amanhã!

Fontes: Total Beauty; Today Beauty; ZerozitsAcnetreatmentcenterwa

Anúncios

17 comentários sobre “Sobre óleos vegetais para peles oleosas e comedogenicidade (parte 1)

  1. Oi,na verdade meu comentário nem é sobre esse post.É que desde que voce comentou daquele shampoo da Est, Vetiver, eu fiquei com vontade de testar.Como só agora o meu shampoo acabou,resolvi pedir; chegou super rápido e bem embalado,adorei,com certeza vou pedir outras coisas do site!!! Vou testar e depois te digo o que achei ^^

  2. Então,eu adorei o shampoo!limpa muito bem mesmo! eu não passei nenhum creme depois e meu cabelo não ta armado nem esquisito,como normalmente acontecia.até estranhei!!!
    E não sei se voce está sabendo,mas a moça do contato da loja,me disse que irá fechar esse mês ): só vão continuar com o site da Australia.triste \:

    1. Sim, ela vai fechar, faz bastante tempo que ela já tinha me avisado :/ vai continuar só com a da Austrália mesmo :/

  3. Muito interessante. A primeira vez que li sobre óleos na pele quase tive um troço. Sempre tive pele oleosa, com tendência a espinhas, então eu tinha uma aversão imensa a qualquer coisa que se assemelhasse a óleo. Claro que isso só fez com que minha pele piorasse e ficasse ressecada. Hoje em dia, ao invés de usar um monte de produtos no rosto, uso apenas uma mistura de óleos: azeite de oliva e óleo de rícino. Melhor coisa que fiz! Minha pele está muito equilibrada e até no calor quase não fica oleosa. Amo e recomendo!

    Gostei muito do blog, vou acompanhar!

  4. Olá Nyle
    Gosto muito de posts sobre óleos para pele do rosto. Ainda é um tabu, principalmente para quem tem pele oleosa. Só fiquei com uma dúvida: com relação à especificação de óleo “para alimentação” e “óleo para a pele”, como diferenciá-los na prática? Um óleo de girassol puro (refinado ou prensado a frio) não é só um óleo de girassol? Como a indústria conseguiria diferenciar “para a pele” e “para a alimentação”? Gostaria de entender…
    Caso tenha algum artigo para indicar sobre o assunto, lhe agradeço muito!
    bjs,

    1. Então, geralmente os óleos para a pele ou pra alimentação se diferem na textura, odor, refino (por exemplo: alguns óleos podem levar, no processo de produção, algum solvente ou substância que não deve ser ingerida). a regra é assim: se você usou um óleo alimentar puro na pele/cabelo e deu certo, tudo bem. se você comprou um óleo capilar, corporal ou facial que mesmo puro não vem especificado que ele pode ser ingerido, use somente na pele/cabelo

      1. Faz muito tempo que eu só uso óleos vegetais na minha pele. Coco, oliva e girassol, eu uso os mesmos da alimentação. Semente de uva, jojoba e demais eu uso óleos puros, indicados para massagem ou grau farmacêutico (Claro que esses não uso na alimentação). Nunca tive problemas. Obrigada por esclarecer!

      2. Bom, se nunca teve problemas, é bem por aí mesmo, não faz mal! Eu só alerto que são bem diferentes porque de repente as pessoas podem usar óleo vegetal puro pra uso cosmético na comida e daqui a pouco tem um troço, vão falar que a culpa é minha hahhaha beijos

  5. Olá!o óleo de rícino é usado para estimular crescimento dos cabelos,sobrancelhas e cílios,será que faria crescer pelos no rosto?tenho medo!

    1. Priscila, acho que não, creio que seja mais na região onde ele é aplicado, mesmo assim vale a pena ficar de olho

  6. Olá Nyle, mas assim, no caso minha pele é bem bem seca. O óleo de côco é ideal? Tenho usado nas pernas junto com oleo de amendoas e oe de lavanda.. e uso no rosto misturado com babosa e azeite.. assim, não me preocupo com espinha, mas me preocupo com bolas vermelhas, (de alergia e sensibilidade mesmo, mas não é de oleosidade), sera q essas misturas q uso sao ideais? bjão

    1. Como sua pele do rosto está, atualmente? Muitas pessoas de pele seca tem relatado maravilhas com o óleo de coco! Se a sua pele não está reagindo mal a ele, com essas bolas vermelhas que você disse, então não vejo qualquer problema com ele ou mesmo essas suas misturinhas rs

  7. Muito bom o texto… Gente a minha pele é tão oleosa que dá pra fritar uma porção de batata no meu rosto no verão… kkkk! Mas depois que descobri o óleo de rícino… Nossa, além de ficar linda, fica hidratada e controla muuuuuuito a oleosidade! O mesmo acontece com óleo de café verde… São simplesmente fantástico para a minha pele mega oleosa!

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s