Maquiagem orgânica com qualidade de MAC? A Baims prova que é possível

Nascida este ano, a marca idealizada pela publicitária Luisa Baims Albrecht aposta em produzir maquiagens veganas e livres de químicas nocivas com a qualidade de gigantes do mercado de beleza

2016 é o ano das maquiagens orgânicas, e a Baims chega pra mostrar que é possível fazer produtos com ingredientes naturais entregando a mesma qualidade de marcas como MAC, NARS e Benefit. “Quem gosta de maquiagem quer performance, mesmo sendo natural. E nós conseguimos unir as duas coisas”, diz a publicitária Luisa Baims Albrecht, idealizadora da Baims.

Luisa nasceu no Brasil, mas mora na Alemanha há mais de 10 anos. Lá, mudou seus hábitos e se tornou adepta do estilo de vida consciente. “A Europa é uma grande consumidora de orgânicos. Você vai no supermercado e os alimentos sem agrotóxicos são praticamente o mesmo preço dos comuns. Por que não usar?”, me contou ela por Skype.

Num papo de quase duas horas, Luisa contou como surgiu a Baims, revelou como conseguiu chegar na qualidade surpreendente dos produtos e explica porque maquiagem para pele negra ainda é um gargalo no mercado natural.

DNA alemão

A ideia de criar a Baims foi uma consequência do estilo de vida adotado por Luisa ao se mudar para Frankfurt e do contato que ela teve com dezenas de marcas de maquiagens orgânicas, já que sofre de psoríase e precisa ter cuidado redobrado com tudo o que usa. O ponta pé inicial foi em 2015, quando visitou a Biofach/Vivaness, a maior feira de produtos orgânicos e naturais da Europa.

“Por mais que você goste de uma marca, você sempre fica pensando no que poderia fazer diferente. Na feira [Biofach], conheci pessoas que poderiam fabricar meus produtos, fiz contatos. Decidi encarar o desafio e realizar um sonho”, lembra. A marca começou suas atividades em 2015 e foi lançada oficialmente só este ano.

e883bcee69f01042_viva01-04b-biofach-vivaness-2013_1_
Feira Bioach/Vivaness, onde germinou a ideia de Baims (Foto: Reprodução)

Luisa explica que a demora foi por um bom motivo. “Eu sou chata e exigente [risos]. Perdi a conta de quantas vezes modifiquei um produto para chegar na textura ideal, no melhor resultado possível”, diz. “O que eu queria era fazer a maquiagem dos sonhos de todas as mulheres, que tudo fosse feito de maneira mais transparente possível, nos rótulos, no site. A consumidora brasileira merece isso.”

Deu tão certo que, ainda este ano, a Baims pretende entrar no mercado europeu. “O resultado disso foi tão satisfatório e animador que levaremos para a Alemanha e toda a Europa exatamente os mesmos produtos que foram inicialmente pensados e desenvolvidos para o mercado brasileiro”. Em fevereiro do ano que vem, eles estarão na Biofach/Vivaness, em Nuremberg, uma das maiores feiras de produtos orgânicos do mundo – a mesma onde a marca foi idealizada em 2015!

“MAC do bem”

A marca conta com o selo de certificação EcoCert, que garante que o produto é livre de químicas nocivas à saúde e está de acordo com a legislação ambiental e trabalhista. Além desse selo, a Baims ainda recebe a certificação da The Vegan Society e da Peta, provando que os produtos são veganos e não testados em animais. E todo esse processo de certificação é custoso e demorado, como nós sabemos.

img_93166
Selos de certificação nas embalagens (Foto: Danilo Gabriel/Lookaholic)

Além de não conter ingredientes nocivos como parabenos, derivados de petróleo, fragrâncias e corantes sintéticos, a Baims tem a primeira linha de maquiagem formulada com BBA (BioBehenic Active), um ativo derivado de semente de pracaxi orgânica, com ação clareadora e propriedades anti-idade comprovadas em explantes de pele humana.

Os produtos são formulados e produzidos com exclusividade na Itália e então vêm para o Brasil, onde são finalizados. Um fato curioso é que muitos deles são inspirados em best-sellers de grande marcas. O iluminador, por exemplo, foi concebido à luz do famoso “Soft and Gentle” da MAC. Já os corretivos têm como referência do Touche Eclat da Yves Saint Laurent e o pó translúcido se inspira na NARS.

img_9307
Iluminador Warm & Glow da Baims, inspirado na MAC (Foto: Danilo Gabriel/Lookaholic)
img_9331-2-edit
Corretivo Ultra-hidratante nas cores Light Touch e Secret (Foto: Danilo Gabriel/Lookaholic)

Apesar de estar na Alemanha, Luisa coordena um grande time de pessoas no Brasil, que trabalham para fazer a Baims acontecer. No Rio, a marca conta com um Beauty Artist e, recentemente, escolheu a culinarista e ativista vegana Alana Rox (The Veggie Voice), autora do livro “Diário de Uma Vegana“, para ser sua embaixadora. 

Ao testar os produtos, pude perceber toda a dedicação de Luisa para entregar maquiagens que são puras, naturais, e realmente funcionam. As resenhas que farei em breve contarão todos os detalhes, mas já posso adiantar que os produtos da Baims estão entre os melhores que já experimentei, de maquiagens orgânicas e até convencionais. Ela não exagera ao dizer que os produtos se comparam aos de marcas como Benefit e MAC – palavra de quem já foi vidrada nessas empresas!

Pé no chão

Durante o papo, aproveitei para levantar dois assuntos delicados: preços e tonalidades para peles negras. Quando mostrei nas minhas redes (Instagram e Snapchat, segue lá: nyleferrari) e no meu grupo, algumas leitoras questionaram o fato do preço ser elevado. Embora já ciente de que usar ingredientes orgânicos justifica esse valor, decidi tirar a teima com a marca.

Luisa lembrou que ter um pé na Europa, mais de três certificações e usar ingredientes diferenciados para entregar a melhor qualidade tem um custo, e ele é elevado. Além disso, a marca envolve mais de 6 empresas para que tudo funcione como o esperado, desde a navegação no site à entrega segura e rápida. Todos esses elementos agregam valor aos produtos, encarecendo no final.

Sobre as tonalidades para peles negras, Luisa compreende o fato de que a marca ainda está longe do ideal, apesar de ser a única no Brasil a ter mais de três tonalidades de base (ao todo, são 7). “Fazer tonalidade mais claras ou mais escuras não é difícil, em termo de formulação. A questão é se as marcas estão dispostas a fazer produtos para atender a pele negra, ou ainda se têm como investir, porque tudo isso tem um custo e para quem está começando é muito difícil”, diz. 

E você, já conhecia a Baims? Qual produto da marca quer ver por aqui? Conta! ❤

Anúncios

27 comentários sobre “Maquiagem orgânica com qualidade de MAC? A Baims prova que é possível

  1. Poxa, que bacana! Seria legal uma resenha comparativa com a MAC, Nars, etc., mas sei que vc não conseguirá fazer.
    Caso tenha alguma amiga que ainda usa marcas tradicionais ou seja maquiadora, sugiro esta pauta de testar sobre acabamento e duração.
    Ficarei aguardando sua impressão dos produtos. Beijos!

  2. Nyle, necessito ter você na minha vida! Este blog é a enciclopédia da minha transição para tudo vegan, não tóxico e orgânico.

    Curti a proposta e a identidade visual da marca. Ainda não conhecia! Queria ver aqui qualquer produto de pele, porque confesso que o sistema de cores me confundiu. O site até tenta ajudar, mas falhei miseravelmente em identificar a diferença entre porcelana e nude claro, por exemplo.

    Beijos!

    1. Oi querida, que bom que o blog é útil pra você. ❤

      A diferença entre o Nude Claro e o Porcelana no site não fica tão evidente, mas são quase dois tons de diferença. O porcelana é beeeeem claro. O Nude Claro é um pouquinho mais escuro, mas ainda claro. Pra mim, por exemplo, o Nude Claro funcionou melhor que o Porcelana!

  3. Adorei!!que incrível!! Gostei desse iluminador inspirado no da MAC(o que ta na fotografia e parece um blush).
    To vendo o site e achei os preços altinhos, mas tem que considerar que é assim mesmo por ser orgânico né. E como tenho comprado quase nada, acho que dá pra investir em algumas coisinhas 🙂
    To muito ansiosa pelas resenhas!

    1. Pois é, na foto ficou bastaaaante destoante o tom, em breve vou ajudar pra ficar mais fiel. Mas ele é mais claro que isso, de fato! Beijão querida

  4. Te vi mostrando os produtos no Snap, quando recebeu, e posso dizer que já de cara que AMEI, achei linda as embalagens. Entrei em contato com eles para pedir amostras, e eles disponibilizam as mesmas para a base e o BB cream, mas infelizmente as cores que eu acho que seriam as minhas (não tive certeza de qual), estavam esgotadas, e só vão retornar em 30 dias!
    Por falar nisso, depois de fazer a resenha e os swatches pro blog o que pensa em fazer com as outras cores que não sejam o seu tom? Pergunto porque sei que faz desapegos, e é óbvio que eu me interesso!

    Ansiosa para conhecer melhor os produtos!!!
    😘😘

    1. Oi minha linda! Eu irei doá-las a vocês, claro! Vai ser ótimo dar a oportunidade pra vocês experimentarem. Grande beijo

      1. Será que essa opção está liberada? Ao tentar finalizar um pedido não encontrei onde utilizar o cupom de desconto, mesmo com o cálculo da compra mais o frete.

  5. Olá, Nyle! Estou muito interessada nessa linha… no site, na descrição da base, há uma recomendação para que não se utilize um filtro solar pesado, ou com silicones sob a base… qual protetor solar facial você usa atualmente, e onde o compra? Obrigada!

      1. E você conhece algum filtro para o rosto com FPS 30 para indicar, que seja livre de químicas nocivas? E onde comprar? Obrigada pelas dicas, Nyle, e pela gentileza!

      2. Aqui no Brasil ainda não temos, mas eu uso o BB da Cativa, que é FPS30 para o rosto! Já ajuda né?

  6. Estou muito curiosa nessa marca. Vou comprar algumas coisas de que estou precisando e espero gostar. Acho os preços bem altos, mas me convenço de que é quase um tratamento para a pele. Por favor, Nyle, tente fazer resenhas das bases e bb creams… São produtos tão importantes na maquiagem e ao mesmo tempo tão difíceis de corresponder às nossas expectativas.

    1. Obrigada pelo retorno, querida! Irei priorizar esses produtos sim.

      Mas se te ajuda, vou adiantar:

      A base tem cobertura média, bem boa pro meu gosto – pode não cobrir completamente olheiras e espinhas mais chatas, mas dá uma diferença enorme. Achei ela mais sequinha que a Bioart, por exemplo. O acabamento é natural, nem muito iluminado e nem muito opaco. O cheiro é quase imperceptível e a embalagem é linda e prática. Esse produto foi perfeito pra minha pele mista.

      O BB Cream é bastante diferente da base! Ele é bem hidratante, acabamento levemente iluminado, e cobertura super leve. Pro meu gosto, por exemplo, eu já prefiro a base, porque curto me rebocar toda haha. Mas quem gosta de coisas mais discretas, vai curtir o BB. Na minha pele mista, senti que com ele a oleosidade voltou mais rápido. Então, se sua pele for mista ou oleosa, vai precisar recorrer ao pó pra segurar a onda.

      Em resumo, são produtos super diferentes, pra peles e gostos diferentes!

      Te ajudei?

      Grande beijo!

    1. Eu preferi a da Baims! A da Bioart é super cheirosa, dá um acabamento iluminado bonito, mas pro minha pele foi muita hidratação e a cobertura é leve a média. A da Baims é mais sequinha e a cobertura é maior, também. Acho que são produtos muito bons, mas pra tipos de pele e gostos bem diferentes rs

      1. Oi linda! A minha cor é a Nude Claro, a segunda mais clara da marca. A primeira, Porcelana, ficou muito clara pra mim…

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s