Cinco meses sem tomar anticoncepcional

Sempre me disseram que a gente só começa a conhecer de verdade nosso corpo quando para com a pílula. Cinco meses após ter parado com a minha, preciso dizer que concordo, e ainda acrescento: a gente não só passa a conhecer mais, como começa a se surpreender com ele.

Um dos motivos que me faziam continuar tomando anticoncepcional era o medo de que as espinhas voltassem. Mas, até agora, elas aparecem somente na TPM, e bem poucas. A diferença maior mesmo que notei na minha pele foi o aumento considerável da oleosidade, mas ela tem sido combatida com alguns produtos abençoados que citei aqui. Vale notar que o fato de eu ser vegana e me alimentar bem pode estar contribuindo positivamente, já que muitas mulheres relatam melhoras na acne quando abolem laticínios da dieta.

Minha libido, que estava bem baixa, agora está incrível. No começo, o sexo foi um problema por causa da minha dificuldade com a camisinha, mas passado um tempinho, eu e meu namorado nos adaptamos ok a ela. Continuamos preferindo transar sem (embora não façamos), claro, mas deixou de ser uma questão.

Meus problemas, agora, são outros: a TPM apocalíptica e as cólicas. Essa última eu tenho combatido com a receitinha sensacional que é óleo essencial de sálvia esclareia + óleo vegetal de girassol, para massagear o útero, quando a dor aparecer. Claro que não é nada milagroso, mas ajuda. Outras coisas que podem dar uma força é tomar chá de camomila todos os dias do mês, colocar paninho/bolsa quente na região, evitar alimentos estimulantes como café, energéticos, guaraná, etc.

Em relação à TPM, ainda não achei a melhor maneira de combatê-la. Tem sido muito duro alternar entre a vontade de matar todo mundo e a vontade de morrer na cama. Mas, claro: fica difícil ficar bem na TPM estando completamente sedentária, às vezes comendo mais ou menos e levando um estilo de vida muito caótico por trabalhar, cuidar da faculdade e do blog ao mesmo tempo. Estou falhando comigo, e meu corpo está sentindo as consequências.

Fechando o balanço desses cinco meses, concluo assim: eu não deveria ter tido tanto medo das espinhas, as cólicas podem não ser um problema tão grande na minha vida e a TPM é uma fase difícil que deveria ser levada mais a sério, por mim e pelas pessoas à minha volta. A meta, daqui em diante, é me fazer entender que preciso cuidar de mim para ver resultados. Não colocar o meu trabalho ou os meus projetos em primeiro lugar, mas eu mesma.

E você, como está indo sem a pílula?

Leia mais posts sobre o tema na tag #VidaSemPilula.

Anúncios

86 comentários sobre “Cinco meses sem tomar anticoncepcional

  1. Já fiquei um tempo sem tomar pílula, mas eu tenho um cólica muito pesada… minha unha fica azul, minha pressão baixa e tudo isso enquanto eu ainda estou tomando a pílula. Se eu parar, daí é pro desmaio mesmo… E concordo quanto a libido… inibe…nos deixa quase que indiferente. De toda forma, vou tentar diminuir uns mesezinhos :*

  2. Também gostaria de parar de tomar, tenho um relacionamento estável ,,, mas meu medo de engravidar me prevenindo somente com camisinha é enorme :X

  3. Quando sentir que a cólica tá chegando ou depois dela já ter se estalado, lhe dê 10 minutos se aguentar e tome suco de um limão, leva o tempo de um analgésico para fazer efeito de 7 a 10 minutos, faça uma experiência, muitas vezes é o suficiente.

  4. Sofro com acnes desde o meus 24 anos e ja me passaram tantos anticoncepcionais, antibióticos e ate me receitaram o Isotretinoin em pílulas, mas conhecido ai no Brasil como Roacutan. As acnes ficaram piores quando parei de tomar pílulas contraceptivas em 2012 que me deu uma depressão e ate delete meu blog( esse q estou usando para comentar). Não sofro muito de TPM, mas as espinhas aparecem de um jeito q me da nojo de ver eu mesma. Ja tentei tantos produtos cosméticos e nada. Fiz por 2 meses a dieta do Dr. Mcdougal q consiste em cortar todo o tipo de oleo, proteína e gordura de sua alimentacao. Clareou as marcas, aliviou mas não curou. Hoje opto por me alimentar melhor com muito alimentos naturais e aos poucos estou cortando o açúcar. Mas as minhas acnes estão comigo e choro de ver q um dia tive um rosto tao bonito e hoje esta tao marcado. fico com muita vontade de tirar minhas self-portraits e por no blog mas a deprê em ver meu rosto acneico tira a minha vontade. Os dermatologistas q visitei dizem que somente com as pílulas Isotretioin eu terei resultado. So que não quero tomar o Isotretinoin pq hoje com 33 anos posso ter muitos efeitos colaterais.
    Enfim, me alegro por vc e o nosso corpo reage bem depois que para com as pílulas.
    Ja experimentou acrescentar Maca em po em sua alimentacao? Ajudou a mim e algumas amigas com o aumento da libido e não sinto dores pélvicas como sentia antes. Bjss

    1. Poxa, querida, sinto muito pela sua dor. Você já tentou procurar a medicina alternativa? Ayruveda, naturólogos, aromaterapia, acupuntura. Conheço muitas pessoas que tiveram problemas graves solucionados com um olhar diferenciado pro corpo, sabe? Talvez seja o seu caso. Não desista 🙂 beijão

      1. Sim, fiz tratamento com um médico holístico mas meu seguro não cobre e cada consulta saia por 320.00 sem falar q os produtos q ele me passou só ajudou abreviar meu intestino e gut. Diminuiu um pouco mas não desinflamou aí parei de fazer obtatamento com ele pq estava fazendo por mais de 4 meses e nada de resultado. Qdo vou ao Brasil minha acne melhora. Quero fazer cupping e ver se melhora. Obrigada pela motivação. Bjss

    2. Oi, Jelly! Também tive muitos problemas com acnes, tomando ou não anticoncepcional, até que comecei a ler sobre medicina chinesa onde eles dizem que as espinhas são um sinal de que algo não está bem no seu corpo e fui atrás disso. Depois de alguns anos e muitos exames descobri que tenho endometriose. Assim que comecei a tratá-la as espinhas desapareceram! Claro que no período menstrual vem algumas, mas a mudança foi bem radical. Minha dica é você procurar saber se está tudo bem com o seu corpo. Beijos! 😉

      1. Obrigada Bia! Pq médicos normais e dermatologistas eu não confio mais. Vou procurar algum médico chinês por aqui. Estou indo fazer ultra-sonografia daqui umas horas. To aqui bebendo muito líquido. Vou ver se tenho algum problema nos ovários pq talvez seja isso o motivo da acne. Vcs são super legais. Beijos

      2. Olá! eu tbm tenho endometriose e minha mãe e tia etc.. mas a minha médica além de dizer que é genético, também disse que não tem cura, que a única solução era tomar anticoncepcional para evitar que piorasse.. Então quando li seu comentário fiquei curiosa, como tratou sua endometriose??

    3. Sei bem como é essa luta contra as espinhas… Já tomei Roacutan e mesmo assim elas voltaram (em menor intensidade mas estão aqui!) Estou a 4 meses sem anticoncepcional, achei q iria piorar muito, mas só piora mesmo na semana anterior a menstruação. Bom, quanto a alimentação, ingestão de água e prática de exercício fisico, isso não tenho dúvida que faz diferença. Mas nesses meses eu tentei tratar minha pele só com vinagre de maçã diluído e óleo de coco! Eu não achava q iria melhorar, mas fui extremamente surpreendida pelo resultado! Esta muito mais controlada minha pele! Só lavo com sabonete 1 vez ao dia na hora do banho, e de manhã eu lavo só com água, passo o vinagre e depois o óleo de coco… É algo muito barato, que vc poderia tentar! Quem sabe vc também não se surpreende! 😊

  5. Tomei pílula só por um ano da minha vida, me deu muita dor nas pernas, ficava muito inchada, apareceu manchas tipo melasma no meu rosto, espinhas, foi um caos, a cólica não diminuiu, testei várias e tudo piorou. Decidi não tomar mais, nunca usei camisinha, mas resolvi a voltar a usar a tabelinha. Já faz quase seis anos que não tomo pílula, eu sinto quando vou ovular, minha pele não tem quase nada de acne, o muco vem no dia certinho, ainda continuo sem usar camisinha, me sinto muito feliz por toda essa liberdade. A TPM é tensa, as cólicas também, mas é muito gratificante saber que não está induzindo seu corpo a funcionar da forma errada, é muito bom ir a favor da naturalidade, sem preocupação de sofrer um AVC ou passar por uma trombose. O que eu aconselho é ter paciência, anotar exatamente tudo o que você sente dia após dia por um seis meses, daí você já tem uma base boa do seu ciclo e dos acontecimentos do seu corpo.

    1. É verdade! Mas você só faz tabelinha mesmo? Curioso. Eu tenho muito medo da tabelinha. Pra algumas pessoas funcionam, mas é um pouco arriscado. :/

      1. Apareceram melasmas em meu queixo quando tomava pílulas. Todas as vezes q faço limpeza de pele profunda ou dermabrasion elas aparecem. Sem falar da demência nas pernas a noite. Bjs

    2. gabi vc escutou falar do metodo billings?? parece que voce faz uma tabelinha meio que misturada com ele. adorei!

  6. Eu não tomo pílula mas estava ponderando sobre começar ou não, pra usar como método contraceptivo. Eu tenho muito medo de ficar apenas na camisinha, então acabo não fazendo nada por conta disso, daí queria começar com a pílula mas leio sobre os efeitos colaterais e fico bem apreensiva. Não sei o que fazer. Ver mulheres que relatam como ficam bem sem me deixa mais em dúvida ainda! Mas fico feliz por você, pela adaptação e tudo mais. Obrigada por compartilhar conosco 🙂

    1. Poxa, Jeanne, se eu pudesse voltar atrás não teria começado a tomar, viu? Me sinto tão melhor sem. A camisinha, se você tiver autocontrole, dá super conta sim.

  7. Tomei a pílula por 6 anos da minha vida. Durante esse tempo eu tinha enxaqueca (um outro tipo, enxaqueca com aura) umas 3x ao mês. Mudei de anticoncepcional várias vezes, nada resolvia.
    Parei com a pílula há 5 anos.
    Depois que parei, tenho essa enxaqueca 2x ao ano. Diminuiu consideravelmente.
    Quando parei de tomar notei um aumento nas espinhas, na cólica, na tpm. Mas também um aumento expressivo na libído haha. O que me impressionou foi que o meu ciclo continuou reguladinho.
    Não volto a tomar a pílula por nada.

    1. Que interessante o seu relato. Eu já tive muita enxaqueca na infância, mas quando cresci e principalmente quando me tornei vegana melhorou. Aumento da libido é mara hahaha

  8. To superfeliz sem a pílula. A oleosidade aumentou mas até prefiro. Minha pele estava muito seca. Tive nos primeiros meses muitas espinhas na testa, muitas mesmo, mas com medicação sumiram. TPM eu estava tendo mesmo com a pílula, então, nada mudou. Continuo querendo matar e morrer. Mas me sinto tão melhor. Menos inchada, minha menstruação está melhor, e acabou essa química no meu organismo. Estou há 4 meses sem.

  9. Mas afinal, vc voltou a menstruar normalmente no dia pressuposto? O meu ciclo ainda nao voltou ao normal, parei ha 5 meses tambem.

    abs!

    1. sua menstruação já desceu depois desses 5 meses? Pois eu também parei de tomar do ano passado (eu tomava injetavel) e não desceu ainda, nem minha ginecologista sabe porque.. Por enquanto a suspeita é a tireoide.

  10. Para os sintomas da TPM você já tentou usar o óleo de prímula? Não tenho problema com TPM, mas muitas mulheres que conheço usam e adoram

  11. Sério isso? Estou tomando a um ano por recomendação médica e nossa MINHA VIDA MELHOROU MUITO, sem cólicas, não senti efeitos colaterais que não fossem raros e em modo easy, minha pele está de boa (só uso os produtos naturais), meu cabelo também… meu problema com anemia também foi embora…. Será que é porque só tem um ano? Quando fui ao hospital minha médica disse que algumas mulheres náo deveriam tomar, fiz exames e ela analisou meu histórico familiar…. estou lendo os comentários e me sentindo muito estranha… sériio… me fez muito bem… (Me sentindo a esquisita)

    1. É uma questão complicada porque a pílula muda a vida de muitas mulheres pra melhor. O problema é que muitas delas sentem os efeitos colaterais e às vezes o dano pode ser muito grave, como AVC e trombose. A discussão é mais sobre estarmos colocando hormônios artificiais nos nossos corpos, e as consequências disso a longo prazo. Se você não vê razão pra parar, tudo bem, tudo no seu tempo. 🙂 eu tomei por pouco mais de um ano até decidir parar…

  12. Nyle, antes de tomar pílula ac eu tomava uma de óleo de prímula pra combater a TPM e a acne, já ouviu falar? Me ajudava muito 🙂 tomava 2x ao dia, mas pode tomar até 4x. Parece ser uma pílula natural, mas dá uma olhadinha depois se serve pra vc. To tomando coragem ainda pra parar com o anticoncepcional, mas quando eu parar com certeza vou voltar pro oleo de prímula.

    Adorei o post, beijos e boa sorte nessa jornada hahaha 😉

  13. Eu tenho muito pra falar sobre pílula. Só pra começar, essa porcaria faz uma castração química quando a gente tá numa das melhores fases.

    Eu achava que a pílula era boa pra mim porque controlava a oleosidade do cabelo/pele e ainda evitava o pior: filhos. Adicionando o fato de não precisar de camisinha… ah, parecia perfeito! Só que 8 anos de pílula + antidepressivo tricíclico estavam acabando com minha libido. Eu achava que não, mas gente, não tinha lubrificação. Ter orgasmo não significa que sua libido tá boa, hoje eu percebo isso.

    Agora eu to com a cara cheia de espinhas, cabelo oleoso, mas a libido quase normal (ainda há o antidepressivo…) compensa tudo! Me conformei com a camisinha. Confio nela. Isso é muito engraçado, porque antes eu tinha a maior neura de engravidar. Transar era como cometer um crime hahaha vivia ansiosa, qualquer escape era nidação, comprava teste de farmácia e até sentia enjôo.

    Agora eu tento acompanhar com o sintotermal, mas a verdade é que não tenho disciplina. Então vai só de camisinha mesmo. E sem neura. Se ela estourar, vai valer a pena rs. Não tomo nem pílula do dia seguinte. Nunca mais quero experimentar hormônios. Se engravidar, ao menos são 9 meses podendo dispensar a camisinha. Sério, é incrível como passei a ver o lado bom da vida.

    Tenho uma grande suspeita de que a pílula contribuiu muito pro agravamento da minha depressão. Não sei. venho sentindo uma melhora nos últimos meses, uma esperança. A única coisa complicada é que sou professora, preciso de uma estabilidade emocional muito grande, e na TPM meu olho fica até pulando. Sinto vontade de matar alguém. Depois começo a chorar no meio da rua ao ver um bicho magro revirando o lixo. Sei lá, a gente deveria poder entrar em coma induzido nessa fase, porque é perigoso interagir com os outros. Li vários relatos de meninas que recomendaram o óleo de prímula, Nyle Ferrari. Toma o mês inteiro e a TPM não vem. Vou testar, não quero ir pra cadeia. Mulher não pode receber visita íntima hahahaha.

  14. Eu usava a pílula pelo único motivo de ter medo de engravidar, e a dois anos sem tomar, ainda estou aprendendo sobre meu corpo. A oleosidade do rosto piorou muito e estou fazendo tratamento de acne com ácidos a um bom tempo, fora isso tenho a sorte de não ter nenhum outro problema que precisasse de pílula pra regular, nem dores insuportáveis, nem fluxo de menstruação muito grande. Com a pílula eu tinha muita variação de humor, minha TPM era muito pior, eu tinha enxaquecas diárias, o que me fez desenvolver gastrite por tomar analgésico todos os dias, então pra mim, foi só vantagem ter parado a pílula e o arrependimento de um dia ter tomado, porque sinto que ela desregulou meu corpo de uma forma que não volta a ser como antes.

  15. Tenho um livro para te indicar, que vai lhe apaziguar e muito esse “novo mundo” que é nosso corpo sem pílula, se trata do Mulheres em Ebulição da autora Dra Julie Holland. Vai fundo gata, estou há 6 meses sem e a surpresa/conhecimento é realmente revigorante, e por pior que aquela TPM foi, e aquela menstruação que parecia arrancar seu útero, tudo isso nos faz sentir vivas, coisa que a pílula havia nos tirado. Beijos de luz.

      1. Ainda não usei na verdade, queria achar mais relatos de pessoas que usam … Mas a principio parece ser uma boa alternativa! Se vc experimentar conta pra gente 😉

  16. Tenho 46 anos, e voltei tomar pilula, tem quase 1 ano por conta das muitas colicas que sentia, essas melhoraram, mas em compensação estou muito inchada, tenho tido muitas enxaquecas e engordei quase 5 kilos nesse ultimo ano! Fui a outro medico que disse que na minha idade não se recomenda mais o uso da pilula, vou terminar a última cartela e parar, ver se começo desinchar e ver o que vai passar com as cólicas.

    1. Oi, Rita! Algumas pesquisas indicam que o uso contínuo de chá de camomila ajuda a atenuar as cólicas. Acho que é uma boa testar. A receita que indiquei no post também pode ajudar, junto a um papinho quente na região do útero, não ficar descalça, etc. Claro que se o seu problema for mais grave é bom procurar mais opções com o médico, mas do contrário acredito que vale testar essas opcoes.!

  17. Tomei pílula por uns 10 anos, para evitar gravidez, mas as consequências eram inevitáveis, inchaço, dor nas pernas, cansaço e libido praticamente zero. Por conta da libido parei de tomar há mais ou menos um ano, a alteração da libido foi maravilhosa, desinchei, e me sinto mais disposta.
    Mas a TPM…. é a pior possível, me isolo o máximo que consigo para não matar alguém ou eu mesma. Fui em médicos que me receitam antidepressivos, mas não tomei por medo de não conseguir parar e porque nós dias normais estou super bem, ainda não conheço o óleo de primula, vou procurar saber estou experimentar espero que me ajude, senão vou ter que começar com os antidepressivos mesmo. Bjos.

    1. Oi, querida! Eu também me sinto assim. O óleo de primula pode ajudar. O óleo essencial de bergamota também, é um óleo essencial antidepressivo. Pra usar você precisa diluir em um óleo vegetal (amêndoa ou girassol), a medida é 3 gotas de óleo essencial para cada colher de sopa de óleo vegetal. Você pode massagear a planta do pé, por exemplo, que absorve bem as propriedades. Essa massagem pode ser feita 1x por dia, antes de dormir. E também pode colocar o óleo essencial em um difusor elétrico, um aparelho que dissipa as propriedades do óleo no ambiente por meio do aquecimento elétrico. 🙂

  18. Olá Nyle, também parei a pílula por motivos semelhantes. Pra mim está sendo ótimo, mas confesso que não tenho essa atenção toda em reparar os efeitos. Eu ando um tanto encanada com o risco de gravidez e também com a história de usar camisinha… Eu andei pensando nas últimas semana na opção do diu de cobre, e gostaria de saber se você pensou no assunto…? Foi um método que você viu como possibilidade? O que você pensa sobre o assunto?

    1. Então, Ana, eu já pensei, mas ainda não fui a fundo. Sei muito pouco, mas considero essa opção sim… Acho que me traria mais tranquilidade. Apesar de que eu tenho me sentindo bem sossegada com a camisinha!

  19. Oi Nyle, tomei anticoncepcional por mais de 10 anos, só para evitar a gravidez. Nunca tinha tido problemas (cólica, TPM, espinhas…) antes de tomar esses hormônios. Resolvi parar pois a velha e boa libido tinha ido embora há um tempo (triste isso), fora que sempre me incomodou o fato de tomar hormônio (medo das doenças relacionadas), mas como toma-lo trás segurança e liberdade, continuei por todo esse tempo. Quando parei a libido foi voltando… e com ela as benditas espinhas, que nunca tive, além de todo mês ter um susto achando que estava grávida (apesar de usar camisinha). Até que fiquei 4 meses sem menstruar e foi a ginecologista. Fiz a ultrassom e foi diagnosticado ovários policísticos (que nunca tinha tido). E o que foi indicado pela médica? ANTICONCEPCIONAL. A outra opção é outro medicamento chamado metformina, mas ela desaconselhou por causa do surto de zika na minha região. Sinceramente, voltei ao AC, mas depois de 6 meses com ele, não tenho mais libido de novo e não sei o que fazer. Parabéns para você que largou esta bomba hormonal. Beijos

    1. Oi, querida! Tente procurar outras profissionais pra que elas possam te dar alternativas ao anticoncepcional. De repente você acha alguma opção, sabe? Beijão e boa sorte!

    2. Oi Bel, eu comecei a tomar anticoncepcional aos 15 anos, pois foi quando iniciei a minha vida sexual e o meu ginecologista, na época, suspeitou que eu tinha ovário policístico.Pois bem, depois de um ano e pouco que eu comecei a tomar minhas cólicas melhoram absurdamente, pois eu sempre tive cólicas horrorosas de desmaiar, mas eu fui em outro ginecologista, por ter mudado de estado, e a questão do ter ou não ovário policístico estava ainda muito nebulosa. Com o passar do tempo o meu ginecologista me recomendo eu tomar a pilula direto de três em três meses e ai dar a pausa de 7 dias e voltar por mais três meses, pois ele dizia que eu não tinha a necessidade de menstruar. Enfim, com o passar dos anos, por volta dos meus 20/21 anos o ovário policístico foi confirmado, mas como eu já tomava a pílula eu continuei a tomar. Com 22 anos eu estava próximo de acabar a minha faculdade, já tinha um relacionamento estável e morava junto com uma pessoa a 5 anos e eu resolvi parar com a pílula pra poder engravidar, comecei a fazer o acompanhamento com o obstetra, mas como eu tinha 7 anos tomando pílula direto e mais o ovário policístico ele me deu 9 meses pra eu esperar e ver se conseguiria engravidar normalmente, se isso não acontecesse a gente veria como faria depois. Pois bem, foi uma época muito complicada, por conta da ansiedade, o meu ciclo ficou uma bagunça, sempre atrasava e eu acabava achando que tinha engravidado, eu parecia que tinha voltado a adolescência de tanta espinha na cara, meu cabelo começou a enrolar mais, mas nada de eu engravidar, quando eu completei nove meses sem tomar anticoncepcional eu fiz uma transvaginal e o meu ovário policístico simplesmente não existia mais, levei os resultados para o meu ginecologista e ele chegou a me passar hormônio pra estimular a ovulação, porém eu não comprei, pois não queria tomar mais hormônio, uma semana depois eu desmaiei do nada dentro de casa, mas já tinha sofrido tanto com a ansiedade de engravidar que eu meio que já tinha até desistido da ideia e não dei muita atenção para isso, até porque era um dia muito quente e minha pressão tende a cair e eu estava na cozinha fazendo almoço então achei que tinha sido só isso, mas meu esposo me perturbou o juizo e marquei uma consulta com o ginecologista na semana seguinte e ele passou um BHCG qe confirmou a minha gravidez de um mês mais ou menos, minha menstruação estava atrasada, mas ela sempre estava então eu nem tinha me atentado a esse fato. Pois bem, esse texto enorme foi pra te dizer que talvez o seu ovário policístico seja pelo mesmo motivo do meu, a pílula anticoncepcional (nenhum médico me disse isso, mas eu deduzi por conta de ele ter sumido depois de um tempo de eu ter parado com ela, já que a minha única mudança no estilo de vida foi essa). Dá uma pesquisada, conversa com outros profissionais, com outras pessoas e tenta ficar um tempo maior sem tomar o anticoncepcional, para o seu organismo desintoxicar pra ver se ele vai sumir ou não, afinal de contas 10 anos tomando hormônio é bastante tempo e o seu organismo vai precisar de um tempo pra se livrar disso. Bjs

  20. estou querendo parar com a pilula e cada vez acho mais relatos de mulheres que pararam e acham isto super benefico o que me da mais força ainda. me falaram tambem do metodo billings…estou pesquisando mais mas com toda ctz vou parar!

    1. Traz mesmo, Rayane, acho que você pode testar e ver como seu corpo reage. E é importante dar uma passada na gineco pra acompanhar essa transição, que muitas vezes é muito difícil. Beijão

  21. Oi, tudo bem?
    Estou passando exatamente pela mesma coisa, tirando o fato que coloquei o DIU em fevereiro. Mas tenho sofrido muito com a oleosidade da pele e cabelos. Quais cosméticos você indica??
    Beijos

  22. Nyle, acabei com as dores menstruais e a irritabilidade da TPM de um modo bem mais simples: meditação, 15 minutos por dia, todos os dias. Além de muitos outros benefícios, este foi um milagre imediato.
    Um abraço de Portugal.

  23. 7 meses sem pílula!! Achei que acne seria o único efeito colateral da interrupção, mas veio junto queda de cabelo. Alguém mais teve? Agora os fios caem em menor quantidade, mas a perda de volume é visível 😦

      1. A sua queda tbm é parecida com a queda do pós-parto (mais no topo da cabeça)? Meus fios são finos e o couro cabeludo já está visível na frente 😦

      2. Poxa, sabe que ainda não reparei de onde vem a queda? Me parece que é mais embaixo, perto da nuca!

  24. Olá! Alerta SOS kkk (desculpa se o comentário não tem muito a ver com o post)
    Tô uma bagunça. Parei com o anticoncepcional e comecei o óleo de prímula, a partir daí meu cabelo começou a cair sinistramente, fiz exames e tá tudo ok. Daí resolvi voltar com o Iumi porque não aguentava mais a situação do meu cabelo (e continuando com o óleo de primula, porque a pele tava muito boa com ele). Parou 2% a queda. Aí a minha ginecologista me recomendou o Pill Food e eu comecei há 1 semana, pq o desespero é grande, e apesar dos pesares ele é um bom complexo vitamínico. Será que essa queda é atribuída ao óleo? 😦 Como muita verdura e tal. Desculpa o quase textão! Bjo.

      1. Ainda não Nyle! Marquei uma ultrassom já… Mas tô quase achando que é estresse por conta de um estágio que comecei recentemente :// Se for isso ferrou kkkkkk.

    1. Parei de tomar por 2 meses, perdi 5 quilos sem fazer nada, meu cabelo caiu muito, uma queda bem no topo da cabeça coisa horrível! fiquei com medo e voltei a tomar agora o selene meu cabelo parou de cair no segundo mês e ganhei 2 quilos :/ queria muito parar mais eu e meu namorado não nos adaptamos a camisinha :/

      1. Carol, converse com seu ginecologista a respeito do DIU, as vezes pode ser ma solução.

  25. Eu entrei no segundo mês sem pílula. A oleosidade da pele e do cabelo aumentaram, como eu temia. Tô tentando reduzir o açúcar da alimentação. Quando eu consigo, as coisas melhoram, mas nada que realmente me satisfaça.
    Apareceram algumas espinhas, mas nada desesperador (eu comecei com ac por causa das benditas, na época em que tomei roacutan).
    Mas o que mais me surpreendeu foi que meu humor melhorou. Eu estava há um tempo tratando uma depressão, e após eu parar com a pílula, parece que a minha mente desanuviou. Eu nunca tive uma TPM tão forte, então acho que nesse aspecto foi melhor parar.
    Quando era adolescente, eu morria de cólicas, de baixar a pressão e ficar jogada na cama. Com o tempo foi melhorando e eu ficava em dúvida se atribuía ao ac ou à dança do ventre, pois introduzi ambos na minha vida mais ou menos na mesma época. Nestes dois meses senti zero cólica, e além disso, até um desconforto estranho que sentia no corpo na época da menstruação sumiu. Ou seja, ponto pra dança do ventre!
    Sou magra, mas eu vinha me sentindo inchada na região do quadril e da “pochete” na barriga. Desinchei, não sei se pela falta de anticoncepcional ou pela redução no açúcar.
    Resumindo: vou ter que dar um jeito de resolver o problema da oleosidade, porque anticoncepcional, nunca mais!

    1. Que interessante isso da melhora no humor. Bom, né? No post eu indiquei alguns produtos pra oleosidade, você viu? Eles estão me ajudando a controlar, assim como a dieta vegana e evitar açúcar ao máximo!

  26. Quanto tempo demorou pra vir a sua primeira menstruação sem a pílula? Me irritei pois não estava conseguido consulta ginecológica e parei sem acompanhamento também. Fazem 45 dias e nada de menstruar…
    Exatamente na semana em que eu “deveria” menstruar, senti cólicas, tpm, inchaço, tive muita acne e nada de descer…
    Queria ter uma noção de como foi pra ti!

    1. Oi, Fran! Então, atrasou muito pouco e começou a vir certinho. Mas a pílula que eu tomava era com hormônios reduzidos, eu menstruava todo mês!

    2. Oi Fran a minha menstruação, depois que eu parei com a pílula ficou desregulada por uns 8 meses mais ou menos, pois depois eu engravidei, mas foi por isso que parei mesmo. Mas geralmente a minha demorava entorno de 45 dias mesmo, as vezes um pouco menos outras vezes um pouco mais, o ciclo nunca vinha igual ao anterior, o que me deixava doida, por achar que tinha engravidado. Acredito que depois que o seu organismo se desintoxicar ela venha a se regularizar.

  27. Oi Nyle, quando eu parei de tomar o anticoncepcional eu já o tomava a 7 anos, mas durante esse tempo fui diagnosticada com ovário policístico, quando eu quis engravidar eu parei e após 8 meses, meio conturbados com a ansiedade pra engravidar, o ovário policístico que poderia atrapalhar, ciclos totalmente desregulados, muita espinha e oleosidade, cabelo mudando pra cacheado (até então ele tinha dias lisos e dias ondulados), meu ovário policístico sumiu e eu consegui engravidar (acredito que ele tenha sido causado pelo anticoncepcional, já que eu tomava ele direto e só menstruava de três em três meses). Com um mês que minha filha nasceu a minha obstetra me passou um anticoncepcional que pode ser tomado por mulheres que estão amamentando (ele só tem um tipo de hormônio, com uma dosagem mais baixa) eu tomei ele por 1 ano e 2 meses, mas não tinha a pretensão de tomar por todo esse tempo não, já que eu já tinha conversado com ela e eu tinha decidido por colocar um DIU hormonal, porém no lugar que eu comprei o DIU teve um problema com estoque/entrega, por isso demorei tanto para colocá-lo. Eu já estou com ele há 9 meses, minhas espinhas continuam aqui, porém elas aparecem mais na época da menstruação, a TPM é uma coisa de doido, as cólicas vem nos dois primeiros dias, mas bem tolerável, tem mês que eu nem tomo remédio pra elas, pois não me incomodam tanto, o ciclo tá regular e o fluxo tem diminuído. O hormônio do DIU age localmente, no útero, uma quantidade infinitamente menor até vai pra corrente sanguínea, mas em comparação com a pílula que age na corrente pra depois chegar no útero, não dá nem para comparar. O que ele faz é ir diminuindo a espessura do endométrio, muda um pouco o ph da vagina(acho que é isso) e diminui a motilidade do espermatozoide. Até o momento eu não tive nenhum problema com ele não, a minha libido, acredito que esteja normal, mas não posso te garantir com toda certeza, pois por conta da gravidez/nascimento/amamentação dá uma bagunçada nos hormônios mesmo, a lubrificação depois do nascimento dela ficou ruim, mas isso é normal por conta da amamentação e a pílula também atrapalhava, mas agora acredito que já está normal também. Esse DIU é trocado de 5 em 5 anos (tem a mesma eficácia da pílula), já o de cobre é a cada 10 (não sei qual a eficácia dele, se é igual ou não, porém como algumas pessoas tem alergia ao cobre tem que se ter cuidado). De qualquer forma acho que é uma opção menos agressiva ao nosso organismo do que a pílula, e acho válido pesquisar e se informar, é uma opção pra quem não se sente tão segura/confortável com a camisinha e não quer tomar pílula também. Espero ter ajudado um pouco e desculpe pelo texto enorme.
    Bjs

    1. Imagina, querida, acho ótimo seu relato e com certeza vai me ajudar sim. Fico feliz que agora você esteja se entendendo com seu corpo. É isso mesmo! beijão pra você e beijo no neném!

  28. DIU de cobre sem hormônio tem sido incrível pra mim. Parei com pílula e fiquei um ano apenas fazendo controle e percepção da fertilidade, mas sempre me senti insegura. Fiz todos os exames e 8 meses depois de colocar o DIU, estou muito feliz com o resultado! A adaptação é difícil, aumenta o fluxo, por uns 3 meses achei que fosse morrer de cólica… Mas agora tudo já normalizou.

    Recomendo muito!

  29. Amei as informações,estou na minha última cartela de ac,estava com muita dúvida e medo, com essas informações fiquei mais segura e agora tenho certeza,o meu único medo e de engravidar,mas vou fazer tabelinha e seja o que Deus quizer,bjs!

    1. Oi, Gisele, tudo bem? Fico feliz que tenha se decidido, mas vale lembrar que a tabelinha é um método que pode falhar por inúmeras razões, e ele não é indicado enquanto você não estiver com os hormônios bem estáveis. Então, após parar com o ac, procure usar camisinha até você fazer exames e ver se está tudo ok com seus níveis hormonais e mesmo com seus ovários. O risco de gravidez será praticamente nulo 🙂 beijão

  30. Seu blog é muito bom, é legal ter um espaço assim, preocupado com a saúde ao invés de só ficar fazendo propagandas! E é um assunto complicado, bom, eu sou virgem, estou namorando e quero começar a transar, mas não quero tomar anticoncepcional, pq eu tenho dores de cabeça e tbm tenho hipotiroidismo, aí tenho medo de começar a tomar e piorar, mas por outro lado, tbm morro de medo de ficar só na camisinha e engravidar, tenho vários anos de faculdade ainda, sou jovem, então uma gravidez agora seria uma desgraça, pra ser sincera, será que dá pra confiar na camisinha? E o que vc pensa da pílula do dia seguinte? :*

    1. Oi, querida. Atualmente, eu só uso camisinha. Nunca tive problema com ela, e me sinto muito segura. Ela é um meio muito eficaz pra evitar gravidez e doenças. Não vou mentir que às vezes faço sexo sem camisinha sim, com meu namorado, mas eu faço isso raramente e apenas quando estou num dia do meu ciclo menstrual que praticamente não há risco de engravidar, e não ainda sim ele não goza dentro.

      Você pode ficar sim sem tomar anticoncepcional, mas você e seu namorado precisarão de muito autocontrole sabe? Você precisará conhecer seu corpo e saber quando ficará fértil – existem aplicativos como Ovuview e Meu Calendário que indicam que dias você poderá estar fértil e é bom evitar sexo sem camisinha. Ele deverá respeitar suas escolhas e ter autocontrole pra não ejacular dentro caso vocês transem sem ela num dia ‘seguro’ do ciclo. Terá que respeitar se você pedir pra que ele use camisinha. É o seu corpo, você quem manda nele, é dentro de você que o bebê irá crescer. Nunca se esqueça disso, ok? Só faça o que você estiver segura pra fazer. Sexo tem que ser prazeroso e despreocupante, não vale a pena se for só noia!

      Sobre a pilula do dia seguinte, ela é pra ser tomada só em casos absolutamente extremos. Ela é uma bomba de hormônios, faz muito mal pra mulher. Eu já tomei emergencialmente duas vezes e foi horrível. Ela não deve ser tomada com frequência, pois além de poder diminuir a eficácia, faz muito mal pros seus hormônios. Ficam todos desregulados! Tanto que quando você toma a pílula do dia seguinte é normal a menstruação nem vir por um tempo. E você não terá como saber quando estará fértil para engravidar ou não, porque seus hormonios estarão loucos. Daí não dá pra transar sem camisinha por pelo menos três meses depois de tomá-la! Perceba que essa pílula é realmente só encrenca. haha Minha melhor dica é: não tome, a menos que seja uma grande emergência.

      Boa sorte nesse início de vida sexual, Isa. Espero que seja bacana pra você, que você se sinta segura e faça o que for te fazer bem.

      Qualquer coisa, só pedir!

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s