Por uma blogosfera cruelty-free

Bunnies-bunny-rabbits-16437969-1280-800

Quando você para de usar cosméticos testados animais, inevitavelmente acaba se distanciando dos grandes blogs de beleza, já que a maioria deles não tem qualquer engajamento com a causa animal e não dão muita bola se o cosmético é testado ou não em animais.

Mas mesmo me distanciando eu ainda “sonho” com o dia em que as blogueiras mais influentes desse nicho tenham o mínimo de consciência ambiental e principalmente parem de dar suporte para marcas testadas em animais. É um desejo ambicioso, eu sei, mas seria uma conquista enorme. Elas são capazes de influenciar tantas mulheres na blogosfera – infelizmente nem sem para coisas positivas -, imagina quão bacana seria se elas incentivassem milhares e até milhões de pessoas (alguns blogs recebem esse volume de visualizações diárias) a boicotarem cosméticos testados em animais?

Pensando nisso, pensei em fazer um pedido a você, leitora ou leitor: se você frequenta qualquer blog de beleza que dê suporte para cosméticos testados em animais, mande um email para a blogueira, dizendo que gostaria mesmo que ela não fizesse mais isso. Diga que você a admira, que gostaria de continuar acessando o conteúdo do blog, mas que você não apoia de maneira alguma o de marcas testadas em animais.

Também é importante que você deixe comentários nas resenhas que falam sobre cosméticos testados em animais e ofereça opções cruelty-free para aquele produto em questão. Outro aspecto imprescindível é você alertar as blogueiras para dois fatos: algumas marcas podem não fazer testes em animais, mas pertencem a empresas que fazem testes em animais (exemplo: Urban Decay não faz testes em animais, mas pertence à L’Oréal, que faz) e algumas dizem em seu site oficial que não testam em animais, mas podem pagar laboratórios terceirizados para conduzir os testes, por exemplo. Ou seja, nos dois casos os testes em animais são feitos de forma indireta, o que é igualmente abominável. Para se certificar que a marca não faz testes em animais mesmo, vale sempre checar a lista em PDF da PETA de marcas que não fazem testes em animais – lembrando que essa lista pode conter marcas que não fazem testes em animais, mas pertencem a empresas que testam. Nessas horas sempre vale o senso crítico.

Se você tem um blog e dá suporte para marcas que fazem testes em animais, peço que reconsidere, que analise o fato de que existem muitas marcas boas por aí, totalmente livre de crueldade, e que podem satisfazer suas necessidades perfeitamente. A MAC (que testa em animais) não é a única marca de maquiagem que existe… Tem muita coisa interessante e cruelty-free por aí: Tarte, Too Faced, Vult, Duda Molinos, Hourglass, Alima Pure, The All Natural Face, Alva, Physicians Formula, Everyday Minerals, NYX, Koloss, Ardell, Stila, Granado, Contém 1 g, Tracta e muitas outras.

Mais uma vez sei que é um desejo ambicioso, mas acho que não custa tentar. Acho que a causa animal merece um esforço desse tipo e se obtivermos algum progresso (nesse sentido de grandes blogs dar menos suporte a marcas que façam testes), os ganhos vão ser incríveis!

24 comentários sobre “Por uma blogosfera cruelty-free

  1. Adorei, Nyle.
    Começarei a fazer isso. Tenho substuído minhas maquiagens por NYX e Koloss, as duas marcas sao maravilhosas! Alem disso, tenho evitado comprar no Boticário pela questão da SP fashion week.
    Parabens mais uma vez!

  2. Olha, fiquei feliz em saber que a Hourglass é cruelty-free.
    Eu ainda tenho bastante coisa na minha necessaire que não é cruelty-free. Produtos da MAC, Clinique, Lâncome. Paguei caro por eles, então vou esperar acabar, mas assim que cada produto for chegando ao fim, vou substituindo por outros que não façam teste em animais. A primeira grande mudança foi com o detergente lá de casa. Agora só uso Ypê, mesmo não sendo aquele que está em promoção rsrsrrsrsrsrsrrs
    Acho uma ótima tentativa essa de incentivar as blogueiras a terem uma consciência ecológica.

  3. Bem bacana a iniciativa! Realmente eu me distanciei dos blogs q gostava: Dia de Beauté, Julia Petit, 2 Beauty e Beleza Comprada, gosto muito das meninas q escrevem nesses blogs, mas pra mim perdeu a utilidade né?

    Até pedi para indicarem produtos q não testam em animais, mas fui totalmente ignorada e vim parar aqui! E tô adorando!!! Faz umas 3 semanas q tô acompanhando o blog e só tenho uma coisa a dizer: PARABÉNS!!! =)

  4. Infelizmente acho que isso nunca vai acontecer, sabia? \: Principalmente porque muuitas blogueiras vendem sua opinião sobre os produtos, pras empresas que pagam mais, e isso é tão triste ):
    Uma blogueira que gosto bastante, é vegetariana e só usava marcas cruelty-free. Mas agora continua comprando MAC, Revlon e outras marcas que testam… até perguntei pra ela sobre isso,mas não tive resposta \:

  5. Eu acho aque a maior dificuldade é com relação a xampú e condicionador, pra quem tem cabelo alisado com progressiva acho muito difícil achar um dessas marcas cruelty free que funcionem sem destruir o cabelo

      1. E acho que procurar marcas cruelty free para usar no cabelo alisado é mais consciente do que consumir marcas que testam para “tratar” o cabelo. Afinal,essas marcas que prometem mil coisas só maquiam o cabelo, na verdade estragando-os mais e mais.

  6. A boticário diz que não testa em animais mas patrocina a SP fashion week que usa peles…
    E tb é difícil saber se essas empresas cruelty free realmente são, pois segundo o site PEA eles entram pra lista apenas por preencher um formulário dizendo que não testam…quem garante se testam ou não…

  7. acho que muitas blogueiras simpatizam a idéia do cruelty-free, mas como “ossos do ofício” tentam não se limitar às marcas que são, pra não deixar de receber patrocínio e tudo mais… :/ falta de opções de marcas que não é.

    mas achei maravilhosa a sua iniciativa e sugestão, elas realmente tem influência sobre as decisões de compra das pessoas, então seria ótimo se elas também passassem essa mensagem pra frente…

    mas… eu acho que a tendência maior continua sendo a sustentabilidade e cruelty free entra no pacote. pelo menos acredito que veremos cada vez mais blogs e entusiastas nessa linha. 🙂 eu já deixei também de ser uma leitora da maioria desses tipos de sites, e acho que essa é outra pra se levar em conta, caso o número de visitantes que tiverem essa conscientização for relevante e começar a abandonar esses blogs.

    1. Sim, felizmente cada vez mais blogs nessa linha estão surgindo, o que é ótimo. Eu pensei em encorajar as pessoas a evitar a visita a esses blogs, mas acho que não soaria legal, creio que isso e´algo que cada um precisa decidir por si :/ beijos

  8. Boa noite Nyle!
    Após esta sua postagem, vi uma outra no Petiscos justamente sobre a causa cruelty-free e fiz a postagem abaixo, espero ter ajudado de alguma forma:
    “22 de setembro de 2013 às 01:07. Responder
    É difícil e incoerente falarmos de apoiar a causa cruelty-free e ao mesmo tempo idolatramos, usarmos e abusarmos de marcas que fazem testes em animais ou cujas marcas-proprietárias o fazem, como MAC, Avon, Maibilline, Bareminerals e tantas outras de grifes e não grifadas. Não se apoia a causa de fato, quando os tutoriais de make da web, bem como gavetas e penteadeiras das blogueiras recheadas de marcas ligadas a crueldade animal (tem algum sentido testar um rímel nos olhos de um coelho?).
    Para ser de fato apoiador da causa, é preciso começar a boicotar estas marcas hipadas de maquiagem, que além de não serem nem um pouco cruely-free ainda nos bombardeiam com os mais diversos componentes químicos nocivos a nossa saúde (vejam um pouco mais aqui lookaholic.wordpress.com ótimo blog de Nyle Ferrari a respeito do assunto).
    Enfim, gosto muito do Petiscose da Julia, mas não faz o menor sentido apoiar uma causa só na palavra e não na atitude, o mais sensato é o BOICOTE irrestrito a estas marcas.”
    Segue o link da postagem: http://juliapetit.com.br/beleza/sem-crueldade/

  9. Oi, Nyle, eu sempre venho deixando comentários (educados) como sugeriu. Imagine se uma Camila Coelho levanta essa bandeira? Quem não fosse por conscientização, iria por influência, o que seria bom de qualquer forma. Mas, de todos esses coments deixados, nenhum retorno positivo!

    1. Camila é toda tirada a amar animais (vc acredita q ela postou no instagram uma imagem de apoio a invasão do instituto royal?) , no entanto quando a avisei dos testes, ela respondeu de forma cínica algo do tipo: “ah que pena q tal marca faz teste”, e continuou usando e ainda divulgando como a melhor, como se nada tivesse acontecido!Elas não se importam!São um bando de frívolas idiotas!

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s