Combatendo a celulite

celulite_zps914f6f3f

Antes de mais nada é preciso quebrar um pouco esse paradigma de que mulher tem que ser toda lisinha e que celulite é algo de outro planeta – não, não é! A maioria das mulheres têm (se não têm, um dia terão) e, em muitos casos, principalmente nos que a celulite está associado a fatores genéticos, eliminá-las completamente é praticamente impossível. Se você tem pouco, não se incomode, e se você tem muito e quer minimizar, tudo bem – mas não fique paranoica com isso. Pessoas para nos oprimir com padrões estéticos surreais tem aos montes, não dá para também fazermos isso conosco.

Reflexões à parte, vamos ao assunto: de acordo com o Dr. Drauzio Varella, a celulite poderia ser definida dessa forma:

“[…] As celulites aparecem por conta de uma alteração no tecido gorduroso da pele, causada por toxinas que não são drenadas corretamente pelo corpo e acabam acumuladas na corrente sanguínea. Tais toxinas, provenientes de alimentos gordurosos, somadas a problemas circulatórios, fazem com que o sangue fique viscoso e não circule adequadamente, comprimindo células nervosas e afetando o tecido subcutâneo. O corpo entende que está ocorrendo um processo inflamatório e responde produzindo colágeno para tentar conter a suposta inflamação. O problema é que o excesso de colágeno, somado à falta de circulação e ao sangue viscoso, acaba criando nódulos, que fazem surgir as ondulações. Alterações hormonais e estresse também deflagram o aparecimento do problema”.

As principais causas são:

  • Genética: é um dos fatores de maior importância no surgimento da celulite. Se você tem predisposição para desenvolver o problema, as demais causas podem ganhar um peso maior.
  • Má circulação: falta de atividade física, cigarro, passar muitas horas sentado, certos problemas de saúde, tudo isso ocasiona má circulação sanguínea – um dos fatores que favorece o surgimento da celulite.
  • Hormônios: certos desequilíbrios hormonais atuam nas células de gordura (adipócitos), provocando inchaço, má circulação, má nutrição dessas células e, assim, celulite. Por esse motivo o uso de anticoncepcionais pode contribuir para o problema, bem como o estresse.
  • Baixa ingestão/retenção de líquido: quem bebe pouca água está sujeito à retenção de líquido e ao acúmulo de toxinas no sangue, que contribui para o surgimento da celulite.
  • Ingestão de alimentos ricos em açúcar, gordura saturada/trans/interesterificada e carboidratos: apesar de “apetitosos”, esses alimentos, principalmente o açúcar, são um dos maiores inimigos de quem tem celulite, pois favorecem o acúmulo de gordura. A gordura saturada, em pouca quantidade, é essencial para o organismo (ao contrário da trans e interesterificada, que só atrapalham), mas em excesso é extremamente prejudicial não só pela celulite, mas por problemas cardiovasculares também (AVC, infarto, etc).

Tendo as causas em mente, combater a celulite não é um bicho de sete cabeças. Dá uma olhada:

  • Pratique atividade física: fazer atividade física, principalmente as aeróbicas (correr, caminhar, dançar, pular, etc), promove um aumento da circulação sanguínea, além de prevenir o acúmulo de gordura corpórea. O ideal é no mínimo 3 vezes por semana, e combinar exercícios aeróbicos com musculação, já que a flacidez também favorece o aparecimento de celulite.
  • Pare de fumar: câncer, problemas pulmonares e circulatórios, envelhecimento precoce, os malefícios do cigarro são inúmeros. Aqui eu contei como foi minha experiência de parar de fumar.
  • Ingestão adequada de água: beber pelo menos 1 litro de água diariamente ajuda a combater a retenção de líquidos e ajuda a eliminar as toxinas do corpo.
  • Combatendo a retenção de líquido: se você tem esse problema (principalmente na TPM), pode fazer uso de chás como o de camomila, que é um diurético natural, alimentos como melancia, chuchu, pera, que são ricos em água. Evitar alimentos ricos em sódio e beber água também é imprescindível, claro.
  • Cuidar dos hábitos alimentares: evite alimentos ricos em açúcar, gordura trans/saturada/interesterificada, carboidratos, sódio. Eu sei que é difícil, mas evitá-lo trará benefícios não só estéticos como para a sua saúde de um modo geral.
  • Ingestão de alimentos que combatem a celulite: alimentos ricos em vitamina C (acerola, kiwi, caju, tomate, pimentão, laranja), em zinco (vegetais verde escuros – rúcula, agrião, acelga, espinafre, brócolis -), em selênio (castanha do pará, aveia, centeio), linhaça (rica em ômega 3), alimentos ricos em fibra (farelo de trigo, aveia, brócolis, alface, cenoura, laranja com bagaço), todos eles ajudam a combater processos inflamatórios, acúmulo de toxinas, além de ajudar na integridade da pele.
  • Cuidado com o excesso de cafeína: café, chá mate, chá verde, chá preto, refrigerantes de guaraná e cola, todos eles tem em comum a presença da cafeína. Em pouca quantidade ela é benéfica, pois ajuda na circulação e é diurética, mas em excesso favorece a desidratação e, com isso, a celulite. Tome no máximo 2 xícaras de chá de café ou chá, de preferência sem açúcar ou adoçado com stévia (adoçante 100% natural). Pule refrigerantes!
  • Suco desintoxicante: suco de couve com limão é rico em fibras, vitamina C e ajuda a purificar o organismo. Veja aqui como preparar.

Embora o que foi citado acima seja primordial no combate à celulite, alguns tratamentos estéticos também ajudam. No entanto, grande parte dos produtos convencionais que estão no mercado muito falam e pouco fazem, além de serem abarrotados de ingredientes químicos prejudiciais à sua saúde. Abaixo estão algumas alternativas estéticas naturais para o problema. Não são nem de longe milagrosas, mas ajudam!

  • Produtos com cafeína, alecrim, arnica e ativos estimulantes no geral: como dito anteriormente, em excesso a cafeína é prejudicial, mas se usada adequadamente é uma aliada no combate à celulite, pois auxilia no tratamento da gordura localizada (tem ação lipolítica, ou seja, elimina gordura), estimula a circulação. Alecrim, gerânio, cipreste, grapefruit, junípero e outros ativos vegetais estimulantes também ajudam.
  • Argila verde: tem ação desintoxicante e estimula a circulação sanguínea. Pode ser usada no local afetado uma vez por semana. Aqui ensinei como preparar argila.
  • Massagem diária: use óleos vegetais 100% puros (semente de uva, amêndoas, rosa mosqueta) ou cremes para massagear as áreas mais problemáticas. Nas coxas e bumbum, faça a massagem em movimentos retilíneos, no sentido ascendente, do joelho à virilha, com movimentos firmes, cerca de 6 vezes (quando for nos quadris, direcione esses movimentos para o interior da perna, em direção à virilha), promovendo um aquecimento na região. Nos braços, faça movimentos dos cotovelos à axilas. Na barriga, movimentos circulares.

Sugestões de cosméticos

Abaixo separei produtos que possuem ingredientes que ajudam a desintoxicar, estimulam a circulação e auxiliam no combate à celulite (mesmo que não sejam, necessariamente, feitos para combatê-la).

Vale lembrar que se o seu problema com a celulite é grave e se nada dito anteriormente resolver, procure um médico!

Algumas referências:  Drauzio Varella, G1, Vya Estelar

4 comentários sobre “Combatendo a celulite

  1. Nyle do céu, eu e celulite somos quase a mesma pessoa hahaha
    Você ja testou algum desses produtos?
    Outra coisa que eu queria te perguntar, você ja fez algum post falando sobre anemia?
    Não achei aqui; caso não tenha feito, fica minha sugestão ;~
    Beijo

    1. Ester, nunca testei porque não tenho tanto problema com celulite, então meio que nunca senti necessidade de usar algo específico. Em compensação com estrias eu sou uma zebra hahahah

      Nunca fiz um post sobre anemia, posso fazer sim. Obrigada pela sugestao! beijoss

  2. Vou comprar um desses cremes para as pernas, tem alguns mapinhas se formando nelas rs, e as famosas ondinhas… Procuro tomar bastante água e fazer caminhada para ajudar a circulação. Ótimas dicas Nyle, obrigada!

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s