Diferenças entre pinceis de cerdas sintéticas e pinceis de cerdas naturais

Se fosse há alguns anos eu poderia ser taxativa: pinceis de cerdas naturais só dão certo com maquiagens de textura “x” e pinceis de cerdas sintéticas só dão certo com maquiagens de textura “y”. No entanto, e muitas vão concordar comigo, o mercado de cerdas sintéticas cresceu e evolui tanto que, cada dia mais, as diferenças entre elas se tornam bem pequenas.

Basicamente, cerdas naturais são feitas de pelos de animais, geralmente pônei ou cabra. As sintéticas, por sua vez, são feitas (o nome mesmo já sugere) de material sinético, não derivado de nenhum animal. Atualmente, o material mais usado para a produção de pinceis de cerdas sinéticas é o taklon (por ser macio e maleável).

O jeito mais fácil de entender as diferenças entre cerdas naturais e sintéticas é pensar no seu próprio cabelo e no cabelo de uma boneca (feito de plástico, claro). Se você aplica um líquido ou um creme qualquer no seu cabelo, a tendência é que ele absorva, certo? O mesmo não acontece com o cabelo da boneca: aquele líquido ou creme não “penetra” nos fios, não absorve.

É por esse motivo que, quando vamos trabalhar com produtos em textura líquida ou creme (blush líquido/em creme, base líquida/creme, corretivo líquido/em creme, etc), usamos cerdas sintéticas: elas tendem a não absorver o produto e assim não há desperdício de maquiagem. Se você aplicar base líquida com um pincel de cerdas naturais você gastará bem mais produto, porque as cerdas vão “chupar” o que for colocado em sua superfície.

Quando o produto é em pó, as cerdas naturais costumam a dar mais certo porque elas possuem uma constituição mais “porosa” (não é bem essa palavra, mas se você passar a mão em um cabelo “de verdade” e um “de mentira”, você vai perceber que o cabelo falso é mais uniforme, “liso”, “plastificada”): isso faz com que as partículas do pó fiquem mais retidas nas cerdas.

Na prática – no caso de uma sombra em pó, por exemplo – o material natural “segura” o produto nas cerdas, garante que ele seja aplicado com mais intensidade de cor, além de fazer menos sujeira (já que os pozinhos vão ficar retidos nas cerdas e não vão cair ao redor dos olhos).

Isso é uma regra? Óbvio que não, por isso comecei o post dizendo que, hoje em dia, essas diferenças estão cada vez menores. Com a evolução da qualidade dos pinceis sinéticos, as cerdas se tornaram tão macias e de uma qualidade tão impressionante que ficam, na maioria das vezes, pau a pau com as cerdas naturais. Alguns pinceis de cerdas sintéticas são tão macios que fica difícil de acreditar que são de material sintético mesmo.

Além disso, as cerdas sintéticas possuem vantagens: por serem bem macias e de um material de boa qualidade (que quase imita a textura de um “pelo de verdade”), mesmo sendo sintéticas, elas também podem trabalhar legal com produtos em pó (ou seja, são bem versáteis!).

Você deve estar se perguntando se o fato de algumas cerdas sintéticas serem extremamente macias e maleáveis  faz com que elas absorvam produtos assim como cerdas naturais e a resposta é, felizmente, não. Independentemente de serem extremamente macias, elas continuaram não “chupando produto” como as cerdas naturais porque sua constituição é diferente. São sintéticas da mesma forma, porém com maior sofisticação, versatilidade, maciez.

“Todas as cerdas sintéticas tem uma qualidade boa assim, são versáteis?”. Não, por isso você precisa comprar as marcas/produtos certos. Dentre as empresas que mais se destacam nesse ramo podemos citar a Bdellium Tools, Everyday Minerals, EcoTools, Real Techniques (coleção by Samantha Chapman) – todas essas marcas citadas anteriormente vendem no iherb – e Alima Pure – vende aqui e aqui. Certifique-se de que o pincel que você vai comprar é bem macio, dá certo com inúmeras texturas de produto e não solta cerdas à toa! Um pincel realmente bom precisa atender a esses quesitos.

Assim como eu já falei para algumas leitoras, esse assunto de pinceis não tem fim. A variedade de tamanhos, tipos, quantidade de cerdas e funções faz com que fiquemos perdidas no meio disso tudo, por isso é preciso ir com calma. Eu já falei sobre tipos de pincel para a aplicação de base aqui e em breve falarei sobre pinceis para olhos!

4 comentários sobre “Diferenças entre pinceis de cerdas sintéticas e pinceis de cerdas naturais

    1. Eu não tenho certeza não, Taty, mas me parece meio inviável. Pense só, se eu posso tosar, fazer os pinceis, esperar crescer novamente, tosar, fazer os pinceis blablabla e ficar nesse ritmo, porque usar apenas a primeira tosa e sei lá, dispensar o bicho (seja matando – na pior das hipóteses – ou vendendo para outro fim)? Aí a empresa teria que comprar outro animal e assim ficaria gastando dinheiro pra conseguir essas primeiras tosas. eu não tenho certeza absoluta, mas creio que as cerdas são feitas a partir das tosas “cíclicas” desses animais. Eu tenho pinceis de cerdas naturais, bem antigos até, mas há bastante tempo não compro mais. Eu ainda não sei se sou totalmente contra as cerdas naturais, mas sempre que eu posso, compro cerdas sintéticas. Até porque, como eu falei, hoje em dia a coisa evoluiu muito e elas conseguem substituir muito bem as naturais!!

  1. Oi Nyle! Nunca tinha pensado nesse exemplo do cabelo natural e de uma boneca, tão simples de entender! Mas ainda tenho uma dúvida: como podemos identificar no olhômetro ou no tato uma cerda sintética e uma natural? Já que as diferenças estão ficando cada vez mais sutis, seria legal se as marcas especificassem na embalagem do produto, né? Tomara que eu não tenha nenhum natural! Sei que os EcoTools (amo!) são sintéticos, mas também tenho da Macrilan, Vult, Natura.. Sabe me dizer desses? Beijo

    1. Angela, que bom que ficou bem clara pra vc a explicação! 😀

      Então, geralmente é passando o dedo mesmo, mas como você falou, essas diferenças estão ficando cada vez mais sutis. Dá pra tentar perceber tb pelo brilho (cerdas sintéticas tem um brilho maior), textura (cerda sintética é mais “lisinha”, sem muito atrito).

      Alguns fabricantes especificam nas caixinhas o tipo de cerda e dependendo do lugar a vendedora ou o vendedor pode te ajudar. Mas é sempre bom já ir em marcas confiáveis logo de cara, né? beijao

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s