Lidando com o frizz

Toda mulher já sofreu com o frizz – benditos cabelinhos arrepiados – alguma vez na vida e as que não sofreram, um dia vão sofrer. O frizz pode ser causado por inúmeros fatores (ou todos eles juntos):  ressecamento (o cabelo fica poroso, com as escamas abertas, arrepiado), fios eletrizados ou quebrados (pelo ato de “desfiar” muito o cabelo, por pentear com força ou ainda por fraqueza mesmo).

O meu cabelo não é liso, nunca foi, então desde que me conheço por gente tinha que lidar com o frizz. Hoje em dia tenho recorrido a artifícios como hidratação (uma vez por semana), uso de leave in (falei deles ontem!) e, quando acho necessário, uso o Óleo Reparador de Brilho da Amazônia Viva, meu cabelo fica bem na vibe ~ cuide-se, Garnier.

Há várias formas de se usar esse óleo, mas no caso do frizz tenho feito o seguinte: após lavar (com shampoo e condicionador), eu retiro o excesso de água dos cabelos (apertando-os na toalha e não esfregando), penteio e reparto no meio. Uso uma gotinha (literalmente uma gotinha, meio pump) do produto, espalho bem na palma da mão e aplico nos fios.

Óleo Reparador de Brilho da Amazônia Viva e Escova de Madeira (Linha Wood) da Belliz

Como o meu cabelo é misto, aplico no comprimento (da metade para as pontas), nunca na raiz. O Óleo Reparador protege do calor (tanto que ele pode ser usado em quem surfa, vai muito à piscina) e no meu caso, também ajuda a domar o frizz excessivo (ele ajuda, mas não tira tudo!), além de deixar os resultados da escova e chapinha mais bonitos. Gosto tanto!

Outra dica que eu dou (que já é velha conhecida de muita gente) é pentear os cabelos com um pente de madeira (a linha Wood da Belliz é bem legal) ao invés de pentes de plástico. O frizz é agravado, principalmente, pela eletrização estática do fio devido ao atrito do ato de pentear. Ao usar um material que é um mau condutor de elétrons (a madeira, por exemplo) para pentear os fios, o frizz diminui consideravelmente.

Para cabelos cacheados/ondulados, pentes de madeira com dentes largos são sempre a melhor opção: diminuem o frizz, facilitam o pentear e definem os cachos.

Se você tem cabelo ondulado/cacheado, opte por pente de madeira com dentes largos. Os cabelos lisos tem mais liberdade de escolha: o pente de madeira pode ter dentes menos espaçados (como o da foto acima), pode usar escovas de madeira se quiser (como as da linha Wood da Belliz), mas se o intuito for desembaraçar mais fácil, opte por dentes largos, são sempre a melhor opção.

Vale lembrar que se o seu cabelo está com muito frizz, só o pente de madeira não funciona. Como eu já havia dito, é importante que você aposte em uma boa hidratação (já ensinei tudo direitinho aqui); evite prender/desfiar muito o cabelo ou pentear com força; use um leave in e, se os seus cabelos são bem cacheados e/ou rebeldes, “suje” a mão (passe bem pouco MESMO) de gel sem álcool/pomada e passe superficialmente nos cabelos para abaixar o frizz e modelar os cachos!

Anúncios

2 comentários sobre “Lidando com o frizz

  1. Primeiro quero te parabenizar por postar informação e resenhas bastabte bacanas n oteu Bloq e tb por não ser daquela Bloguetes Jabá, e como se pronunciou sobre.

    Então, vc achou este óleo semelhante a textura dos Famosso Moroccanoil e similares, ou ele é mais dendo, tal com um azeite de oliva? Ainda estou me decidindo p usar como leave-in.
    Bjs e Sucesso

    1. Muito obrigada, Carol! Então, eu nunca tive o Moroccanoil e similares, nunca fui chegada em óleos capilares até então. Ele não é denso como azeite não, ele é mais fluido, porém tem toque bem oleoso, ele se sai bem mesmo como pré shampoo, você aplica, deixa agir por 5 – 30 minutos, depois lava o cabelo e pronto. Como leave in eu só uso como falei no post, de vez em quando, quando deixo meu cabelo ao natural ou quando quero uma chapinha caprichada, eu passo muito pouco mesmo, por ele ter esse toque um pouco oleosão, é só um “cheiro” de produto mesmo, para não pesar. Ainda sim, prefiro ele como pré shampoo, não acho que seria a melhor opção comprá-lo somente para leave in! Beijoss

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s